SANTARÉM – Município presta homenagem ao Marquês de Sá da Bandeira

SANTARÉM – Município presta homenagem ao Marquês de Sá da Bandeira

O 143º aniversário da morte de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo, mais conhecido como Marquês de Sá da Bandeira, foi celebrado numa homenagem organizada pela Academia Militar em associação com a Câmara Municipal de Santarém (CMS). Participaram na homenagem Ricardo Gonçalves, Presidente da CMS, Joaquim Neto, Presidente da Assembleia Municipal de Santarém, Nuno Serra, Inês Barroso, Virginia Esteves, Jorge Rodrigues, Sofia Martinho Pó e Ricardo Rato, Vereadores da CMS, para além dos representantes da Academia Militar e da Guarda Nacional Republicana, tal como de Pedro Sá Nogueira e o filho, familiares de Bernardo de Sá Nogueira de Figueiredo. A cortesia começou com a deposição de coroas de flores junto à estátua do Marquês, na Praça de Sá da Bandeira (Largo do Seminário), para além duma “alocução evocativa da personalidade, vida e obra do militar Marquês de Sá da Bandeira, também fundador da Escola do Exército, antecessora da Academia Militar”. A cerimónia prosseguiu no Cemitério Municipal de Santarém, onde também foi depositava uma coroa de flores no túmulo do Marquês de Sá da Bandeira. Para terminar com chave de ouro, teve lugar no Auditório da Casa do Brasil, pelas 12 horas, o lançamento do livro sobre a vida e obra do homenageado, intitulado: “Marquês de Sá da Bandeira: O Homem, O Militar e o Politico”, da autoria de João Vieira Borges, Comandante da Academia Militar, em coautoria com Francisco Armando Rodrigues e Pedro Marquês de Sousa. A sessão foi conduzida por Alexandre de Sousa Pinto, Tenente-General e Presidente da Comissão Portuguesa de História Militar e contou a com a participação de Vítor Raquel, da editora Fronteira do Caos. www.cm-santarem.pt