SANTARÉM – Helicóptero de combate a incêndios estava em Pernes… mas foi...

SANTARÉM – Helicóptero de combate a incêndios estava em Pernes… mas foi recolocado em Ponte de Sor na quarta-feira. Agora vai para o aeródromo escalabitano

A Câmara de Santarém, em comunicado publicado na rede social Facebook, confirmou que o helicóptero recentemente retirado do Centro de Meios Aéreos de Pernes e enviado para Ponte de Sôr, no distrito de Portalegre, estará de volta à capital de distrito durante os próximos dias. Mais uma mudança na colocação deste meio de combate, sendo que a autarquia confirma ter sido contatada, em Julho, pela Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil (ANEPC), no sentido de se avaliar a possibilidade de utilização do aeródromo de Santarém como alternativa ao Centro de Meios Aéreos de Pernes (CMA – Pernes), considerando que havia restrições operacionais no heliporto, as quais limitavam as operações e promoviam consequentes indisponibilidades do meio aéreo (helicóptero de combate a incêndios) posicionado naquele local». «Com o objetivo de garantir a operacionalidade e a salvaguarda de pessoas e bens do Concelho e do Distrito de Santarém, o Municipio de Santarém, confirmou essa possibilidade e despoletou, juntamente com o Comando Distrital de Operações de Socorro (CDOS), todos os procedimentos necessários para que o aeródromo obtivesse todas as condições estruturais e de licenciamento junto das entidades competentes. A deslocalização do meio aéreo do CMA de Pernes para o CMA de Ponte de Sor, anunciada pelos órgãos de comunicação social durante a passada terça-feira (23 de agosto de 2022) e efetivada a partir de ontem, foi da inteira responsabilidade da ANEPC, entidade que tutela a gestão operacional no Dispositivo Especial de Combate a Incêndios Rurais 2022 (DECIR 2022)», reforça a Câmara. «Neste momento o Municipio de Santarém tem a garantia por parte da ANEPC e do CDOS que o meio aéreo será, dentro dos próximos dias, recolocado no nosso Concelho, nomeadamente no aeródromo de Santarém, aguardando-se para esse efeito, a instalação do tanque de combustível por parte da Helibravo (operadora do meio aéreo), que abastece a aeronave. Reconhecendo a importância da presença deste meio aéreo de combate a incêndios na área do Distrito de Santarém, o Municipio de Santarém reitera que, desde a primeira hora, desencadeou todos os procedimentos necessários para que a relocalização do helicóptero seja uma realidade, assegurando desta forma a salvaguarda de pessoas e bens», finaliza o mesmo texto.