SANTARÉM – Feira de Agricultura 2015 promete o Melhor da Produção Nacional

SANTARÉM – Feira de Agricultura 2015 promete o Melhor da Produção Nacional

A 52ª Feira Nacional de Agricultura / 62ª Feira do Ribatejo realiza-se entre os dias 6 e 14 de junho de 2015, em Santarém, no CNEMA – Centro Nacional de Exposições e Mercados Agrícolas, tendo a “Floresta Portuguesa” como tema central e incluindo vasto conjunto de seminários e colóquios técnicos sobre diversas temáticas relacionadas com o setor. Durante os nove dias do certame, os visitantes vão contactar o setor agrícola português em todas as suas vertentes: maquinaria, equipamentos, serviços, fatores de produção e também produtos agroalimentares resultantes das melhores e mais avançadas técnicas e práticas agrícolas. Com mais de 203 mil visitantes registados na edição anterior, incluindo 30.000 profissionais, a Feira Nacional de Agricultura é a mais importante e representativa montra da agricultura portuguesa. O debate dos principais temas da atualidade agrícola constitui um pólo de atração para os profissionais do setor, não apenas pelo grande número de colóquios e seminários a realizar mas também pela diversidade de temáticas a abordar. Recorde-se que nas três últimas edições cerca de seis mil profissionais participaram nestas iniciativas. O evento integra o Salão Prazer de Provar, que reúne no mesmo espaço os melhores vinhos, azeites, queijos, enchidos, méis, compotas, frutas, entre outros, incluindo várias iniciativas especialmente pensadas para juntar produtores, consumidores e profissionais. Em simultâneo, decorrerá a Fersant – Feira Empresarial da Região de Santarém, promovida pelo Nersant, e a Lusoflora de verão – Exposição e Venda de Flores e Plantas de Portugal, organizada pela APPFN. A Feira contará com a participação de várias personalidades, marcando a agenda política e económica ao longo dos nove dias do evento e contribuindo também para o debate em torno programas e das políticas do setor agrícola. O certame conta, na zona exterior, com uma exposição de maquinaria agrícola que permitirá aos visitantes observar e experimentar os modelos inovadores. A AIFF – Associação para a Competitividade da Indústria da Fileira Florestal vai estar presente na Feira com um espaço dedicado à floresta, contando com a participação de algumas das empresas mais representativas do setor.

Novidades na Feira – Com um investimento global de 1 milhão de Euros a Feira de 2015 apresenta diversas inovações, disponibilizando condições de elevado nível, tanto a quem escolheu este evento para promover as suas marcas e produtos quanto para quem visita o evento. A Nave C e a área de restauração exterior vão contar com “sistemas de arrefecimento” que permitirão a empresas e clientes um maior conforto térmico e as próprias ruas terão diversas “zonas de sombreamento” para comodidade de todos aqueles que as frequentam. Na zona pecuária vão ser instaladas novas estruturas, que irão permitir melhores condições aos animais, melhor organização e concentração numa só zona dos efetivos em exposição com um novo layout. Deste modo, os visitantes poderão apreciar equinos, bovinos, caprinos, ovinos e suínos, entre outras espécies, sem percorrer grandes distâncias. Devido à dimensão da feira, o recinto também vai contar com sinalética específica com o objetivo de criar circuitos de visita para profissionais e público em geral. O intuito é permitir que seja mais fácil visitar o percurso a efetuar, com comodidade e sem muita dispersão. Por outro lado, no âmbito do Salão Prazer de Provar, os visitantes poderão provar alguns dos melhores vinhos de Portugal, como já é habitual. Este ano, a novidade é degustar estes magníficos produtos portugueses pelo valor de apenas 0,50 €. Na compra do copo, receberá de imediato dois vouchers de prova gratuitos. Em 2015, a Feira assume um compromisso com a reciclagem. Em parceria com a Resitejo – Associação de Gestão e Tratamento dos Lixos do Médio Tejo, o recinto terá diversas “baterias” para separação dos resíduos (Papel, Vidro e Embalagens). Neste contexto, a Resitejo e a Sociedade Ponto Verde, vão dinamizar um espaço com 150 m2 cujo objectivo é alertar para a importância desta temática. Paralelamente, e em colaboração com a empresa Rui Neta, Lda, também se fará a recolha de óleos alimentares. Na edição deste ano, a Feira Nacional de Agricultura e a CP estabeleceram para este evento uma parceria que permitirá aos visitantes do certame viajar de comboio com bilhetes mais baratos.

Neste âmbito, a CP – Comboios de Portugal proporcionará aos visitantes da Feira 30% de desconto, em viagens de ida e volta, em qualquer classe, entre os dias 5 e 15 de junho de 2015, nos comboios Alfa Pendular, Intercidades, Regionais e Inter-regionais. O desconto é válido para viagens com destino/origem a estação de Santarém, não sendo cumulativo com outros descontos ou promoções em vigor.