SANTARÉM – Duarte Marques (PSD) sublinha impacto dos “kamov” e pede mais...

SANTARÉM – Duarte Marques (PSD) sublinha impacto dos “kamov” e pede mais meios às autoridades para investigação das causas dos incêndios

A contabilidade foi feita pela Hertz, baseada nos dados da Autoridade Nacional de Emergência e Protecção Civil: desde Junho último e até 5 de Setembro, o distrito de Santarém tinha registo para 464 incêndios, numa lista em que Santarém, Tomar e Abrantes estão “à cabeça” como os concelhos com maior número de ignições. No entanto, pelo menos até agora, não há registo para notícias que indiquem a detenção ou identificação de supostos incendiários. As pessoas queixam-se da falta de segurança; as autoridades lamentam a falta de meios. A propósito destes números, Duarte Marques, deputado do PSD na Assembleia da República, em declarações à Hertz, disse não ter dúvidas de que há mão-criminosa à solta e pede para que as investigações em torno das causas dos incêndios seja uma prioridade para o Governo:

Entretanto, ainda em “matéria” de incêndios, registo para o decisivo papel dos helicópteros “Kamov” no combate às diferentes ocorrências que têm surgido de Norte a Sul do país. Duarte Marques, que em julho denunciou o facto dos três helis estarem então parados num hangar, visitou o Centro de Meios Aéreos de Ferreira do Zêzere onde está localizado desde então um destes importantes meios de combate aos incêndios e um grupo de elementos do GIPS da GNR. E desde que chegou à região este Kamov já fez duas mil descargas de água em 33 missões de socorro num total de cerca de 90 horas de voo” revela Duarte Marques: