SANTARÉM – Centenas de fiéis acompanharam a magna procissão com a Relíquia...

SANTARÉM – Centenas de fiéis acompanharam a magna procissão com a Relíquia do Santíssimo Milagre

Centenas de fiéis acompanharam a magna procissão com a Relíquia do Santíssimo Milagre, que percorreu algumas das principais artérias do centro histórico de Santarém que se vestiram a rigor para o evento religioso. Além das ruas cobertas de flores e ramagens as varandas estavam também enfeitadas com colchas de seda. A procissão, o ponto alto das tradicionais festas que assinalaram os 770 anos do Santíssimo Milagre, contou com a presença do presidente da Câmara de Santarém, Ricardo Gonçalves e dos vereadores do município scalabitano, Susana Pita Soares e Luis Farinha, presidente da Assembleia Municipal, António Pinto Correia, entre outras entidades.

Antes da magna procissão celebrou-se uma missa no Santuário do Santíssimo Milagre, um centro de culto que recebe milhares de peregrinos de todo o mundo. De referir que o significado histórico das Festas do Santíssimo Milagre, comemoram a sagração da Igreja, em 1241, por S. E Regensis, Bispo anglo-saxónico de Lisboa, e data também a ocorrência do chamado primeiro milagre em 1247, quando uma mulher sofrendo da infidelidade do marido após ter consultado uma feiticeira decidiu comungar sacrilegamente provocando o milagre: A Hóstia começou a sangrar! A procissão integrada nos festejos relembra a restituição da Sagrada partícula à antiga Igreja de São Estêvão (atualmente Santuário do Santíssimo Milagre), o reconhecimento do milagre pelo Clero e o encerramento da Hóstia numa bola feita de velas derretidas. www.cm-santarem.pt