PROENÇA-A-NOVA – Mais de milhão e meio de euros para nova expansão...

PROENÇA-A-NOVA – Mais de milhão e meio de euros para nova expansão do Parque Empresarial

Já estão em curso as obras da segunda fase de expansão do Parque Empresarial de Proença-a-Nova (PEPA), num investimento que totaliza 1.674.467,92€, financiado em 85% pelo FEDER. Com um prazo de execução de 18 meses, o projeto de infraestruturas inclui obras que irão permitir dotar o PEPA de condições para acolher novos investimentos: serão definidos 35 novos lotes, que complementam o atual edificado do parque. “De acordo com a estratégia para promover a fixação de pessoas e criar valor, as empresas são o fator fundamental para esse objetivo e é dessa forma que realizamos condições para concorrermos para ter um concelho mais próspero”, considera João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova.
Para servir os novos lotes, serão criadas diversas infraestruturas, desde logo as viárias – com uma rede de estradas a implementar numa área de orografia difícil, associada a três bacias hidrográficas de pequena dimensão -, de abastecimento de água, de drenagem de águas residuais pluviais e domésticas; infraestruturas elétricas e de iluminação – terão que ser colocados três postos de transformação, redes de distribuição e de alimentação de energia de média e de baixa tensão -, e infraestruturas de telecomunicações para dotar o PEPA de acesso às redes públicas dos operadores de telecomunicações e dos serviços que estes disponibilizam.
Adicionalmente, o Município tem o projeto de construir um pavilhão industrial no lote 59, com uma área de 1.319m², localizado entre o Lagar de Azeite e a balança. O lote será disponibilizado para o uso industrial: trata-se de uma construção de um pavilhão com oito metros de altura. Está organizado por uma área ampla industrial e um espaço de gestão, composto por dois pisos, com espaço de receção e balneários, no piso térreo, e um gabinete de trabalho e uma sala de reuniões, no piso superior.