PROENÇA-A-NOVA – Festival do Peixe do Rio regressou com balanço positivo

PROENÇA-A-NOVA – Festival do Peixe do Rio regressou com balanço positivo

São Pedro do Esteval voltou a receber em formato presencial o Festival do Peixe do Rio, depois de um interregno de dois anos devido à pandemia da Covid-19. A terceira edição do Festival regressou no fim-de-semana de 8 e 9 de julho, que ficou marcado pela grande afluência de pessoas ao recinto, mas também pelas elevadas temperaturas que se fizeram sentir ao longo dos dois dias. “Este Festival só se podia realizar mesmo na freguesia de São Pedro do Esteval, por ser ladeada pelo Rio Ocreza e próxima da Barragem da Pracana. Toda esta área teve na pesca do Peixe do Rio uma fatia de sustento de grande parte das famílias que aqui viviam, logo faz todo o sentido ter o Peixe do Rio como principal atração”, afirma João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova. O autarca destacou as excelentes condições desta localidade em receber o Festival, frisando que a realização deste tipo de eventos surge inserida “na estratégia de desenvolvimento dos recursos endógenos que o nosso território possui: em cada uma das freguesias demonstramos aquilo que cada uma delas tem de melhor, conforme a sua especialidade e principais características”.

Na terceira edição do Festival do Peixe do Rio marcaram presença cinco associações: CCR Murteirinha, Associação de Caçadores de São Pedro do Esteval, CCR de Lameira D’Ordem, Associação Estevalense e ACRD do Padrão. Paulo Cardoso, presidente da Junta de Freguesia de São Pedro do Esteval, agradece o trabalho das Associações, afirmando: “é um orgulho contar com a presença destas cinco associações. Temos as pessoas certas, muito envolvidas e com um espírito fantástico. São pessoas muito sérias, trabalhadoras e de uma capacidade de organização extraordinária”. Na programação do Festival do Peixe constaram ainda a animação musical dos artistas ‘Diogo da Gaita’, ‘Grupo Musical Inovação’, “Babosa Brass Band’, ‘Fábio Farinha’ e ‘Segunda Geração’. No sábado, 9 de julho, houve espaço para os já habituais Jogos Interassociações, uma demonstração de ShowCooking, com Nuno Sabino, e uma breve palestra com Filipe Ribeiro, sobre conservação de peixes e espécies de água doce. No domingo, 10 de julho, realizou-se ainda a primeira edição do Passeio de Bicicleta dos Sabores do Ocreza em duas vertentes, com um percurso de BTT e um percurso de Estrada, que culminou com convívio entre os participantes no recinto do Festival. As elevadas temperaturas, a rondar os 40ºC, levaram ainda João Lobo, presidente da Câmara Municipal de Proença-a-Nova, a solicitar que “todos os munícipes sejam comprometidos com a segurança e que haja um compromisso de cidadania sério, que devemos ter em momentos como este”.