PROENÇA-A-NOVA – Bordados de Maria de Fátima Catarino em exposição no Posto...

PROENÇA-A-NOVA – Bordados de Maria de Fátima Catarino em exposição no Posto de Turismo

Os bordados de Maria de Fátima Catarino podem ser apreciados no Posto de Turismo de Proença-a-Nova, a funcionar provisoriamente na interseção da Rua de Santa Cruz com a Rua do Rossio, no centro da vila. Apresentando uma variedade de técnicas e de peças, destacam-se em todas elas a delicadeza dos pontos que dão origem a produtos únicos, herdeiros do saber do território. Toalhas de linho, naperons com diversas medidas, panos de cozinha bordados ou pintados, porta sabonetes em croché, tabuleiros ou guarda-joias com bainhas abertas são algumas das peças disponibilizadas neste espaço e que, em simultâneo, podem ser encontradas na loja online da marca Proença-a-Nova Origem uma vez que a artesã é um dos produtores desta marca que valoriza o saber fazer tradicional. Destaque ainda para os artigos que fazem referência a Proença-a-Nova ou que utilizam alguns dos seus produtos endógenos, como os sacos de cheiro. Adicionalmente, há dois outros tipos de bordados em destaque: por um lado, o bordado de Castelo Branco, sendo Maria de Fátima Catarino uma das bordadeiras certificadas para a sua execução; e, por outro, os trabalhos em arraiolos, com uma área que apresenta as diversas fases da evolução da obra, desde a forma como se preparam as linhas até ao produto final. Todos estes trabalhos de artesanato podem ser apreciados durante o mês de janeiro, havendo a possibilidade de serem adquiridos no próprio local, bem como qualquer outro produto da marca Proença-a-Nova Origem, considerando que o Posto de Turismo é um dos locais onde os mesmos podem ser adquiridos. Recorde-se que este espaço abriu em meados de dezembro, destacando os quatro cabazes da marca preparados especialmente para a época natalícia, tendo apresentado na altura, dentro do espírito da época, a exposição de figuras de pai Natal “Ho Ho Ho”. Para fevereiro está agendada a mostra “Artesão de Arame”, com trabalhos de Jorge Marques.