Páscoa é tempo de Cabrito da Paz em Oleiros

Páscoa é tempo de Cabrito da Paz em Oleiros

Pelo sétimo ano consecutivo, o Município de Oleiros prepara-se para voltar a destacar um menu beirão com realce para um dos pratos mais antigos e difíceis de encontrar no país: o Cabrito Estonado. Nos dias 28 e 29 de março e 4 e 5 de abril, 9 restaurantes do concelho, aderentes do Festival Gastronómico do Cabrito Estonado e do Maranho, esperam por si. São eles: em Oleiros: Callum (272 680 010), Casa Peixoto (272 682 250), Ideal (272 682 350), Maria Pinha (965 586 477), Prontinho (272 682 338), Regional (272 682 309), Salina (961 258 844), em Orvalho: Pérola do Orvalho (272 746 119) e em Ponte de Cambas: Slide (965 720 287). Em pleno período pascal, Oleiros oferece uma sugestão suculenta, dando destaque a uma receita medieval que se confeciona desde tempos remotos em Oleiros. Trata-se de um cabrito assado no forno com uma particularidade única: é assado com a sua pele, passando anteriormente por um processo de “estonagem”, que não é mais do que a remoção de todo o pelo do animal. Mantendo a pele, que fica estaladiça, o cabrito não perde os seus sabores, ganhando a sua carne em suculência e paladar”. Sendo o cabrito um pitéu nacional, esta forma Oleirense de o confecionar tem atraído anualmente muitos visitantes e turistas. Em pleno coração da Beira Baixa, nesses dias pode também degustar os maranhos, uma especialidade da cozinha tradicional da Zona do Pinhal. Estes consistem numa espécie de enchido fresco recheado com carne de caprinos, alguns produtos do fumeiro, arroz e uma quantidade apreciável de hortelã.

Siga-nos no Facebook