OURÉM – Marca “AMO” dá prémio “Autarquia do Ano”

OURÉM – Marca “AMO” dá prémio “Autarquia do Ano”

Ourém foi distinguido com o Grande Prémio “Autarquia do Ano 2022”, com a apresentação do projeto “O exemplo
da Marca AMO”. Além deste galardão, Ourém venceu na categoria “Democracia, Igualdade e Participação Cívica”,
mais concretamente na “Comunicação entre Eleitos e Eleitores”.
A entrega do prémio, atribuído pelo “Lisbon Awards Group”, decorreu esta noite em Lisboa e contou com a
presença da Mesa da Assembleia Municipal de Ourém.
Para João Moura, presidente da AMO, “é com grande orgulho que vimos acontecer este reconhecimento. Ao longo dos
anos temos procurado inovar e envolver cada vez mais as populações nas nossas iniciativas, sobretudo os mais jovens.
Penso que estamos caminho certo para prosseguir o nosso grande objetivo: valorizar o papel da Assembleia Municipal de
Ourém, enquanto Casa da Democracia Local.”

 

 

Também o presidente da Câmara Municipal de Ourém, Luís Albuquerque, felicitou a AMO pela atribuição deste
prémio “que muito engrandece não só o Órgão, mas todo o nosso concelho”.
A candidatura compilou algumas das boas práticas levadas a cabo por este órgão deliberativo, nomeadamente as
que se relacionam com um dos seus principais propósitos: aproximar os eleitos dos eleitores, fomentando uma
democracia participada, onde todos os munícipes assumem um papel fundamental.
Desde a criação da marca “AMO”, em 2017, tudo se tornou mais fácil. Se até ali a Assembleia era um órgão onde
os eleitos se reuniam 4 a 5 vezes por ano, nos últimos anos passou a fazer parte da identidade dos oureenses, o
que se reflete também na sua participação nas sessões públicas.
Com a criação deste acrónimo, a Assembleia assume como desejo que todos os oureenses nutram amor pela sua
terra. (Não são raras as vezes que vemos pessoas tirarem fotos junto ao Monumento dos Eleitos Locais (AMO) e a
postar nas suas redes socias).
“Queremos ser uma Assembleia Municipal de referência na promoção da Democracia Participada, onde os valores
da honestidade, de respeito e de espírito de cooperação com todos os eleitos locais são a nossa prioridade.
Queremos criar vivências que estimulem a participação dos cidadãos na vida democrática local.”, refere João
Moura.
A aposta nas novas tecnologias, na transparência, na inovação e no acesso à informação, para eleitos e cidadãos,
de onde se destaca o lançamento na próxima sessão da AMO, da APP dos Eleitos Locais, a par de todas as
iniciativas levadas a cado pela Assembleia, com particular ênfase na AJO – Assembleia Jovem de Ourém, foram
determinantes na avaliação do júri do concurso.