OLEIROS – Menos Carros, Mais Saúde

OLEIROS – Menos Carros, Mais Saúde

O Município de Oleiros deu o primeiro passo no sentido do Compromisso para o Crescimento Verde.As bicicletas elétricas disponibilizadas nos dois últimos dias no Jardim Municipal servem de mote ao setor da mobilidade e transportes que fazem parte integrante deste compromisso com muitas variáveis. A mobilidade e os transportes são pontos cruciais tanto nos meios rurais como nos meios urbanos. Este é um tema relevante quando se tem em conta a interdependência entre os transportes, a saúde e o ambiente.

Nesse sentido, a mobilidade sustentável prevê a promoção de modos de transporte alternativos, aumentando as viagens em transportes públicos, a pé ou de bicicleta, em detrimento da utilização do carro ou outros veículos mais poluentes. Deste modo, com o desenvolvimento de um plano de mobilidade urbana integrado e sustentável, é possível reduzir o impacto dos transportes sobre o ambiente e a saúde pública. Em Portugal, os transportes representam 36% do consumo de energia final, sendo o transporte rodoviário responsável pela quase totalidade (95%). Os transportes terrestres representam ainda 73% do total de petróleo para fins energéticos, revelando uma forte dependência energética do setor.

Encontrar alternativas é então uma preocupação deste Município, sendo cada vez mais relevantes as pressões exercidas pelo setor dos transportes na qualidade do ar. Num país com uma quota de energia renovável muito elevada, como é o caso de Portugal, a utilização de eletricidade para mobilidade permite, na prática, substituir combustíveis fósseis por água, vento e sol, reduzindo significativamente os impactes ambientais associados e diminuindo a dependência energética do País.