ÓBIDOS – Tribunal afasta homem da própria companheira devido a agressões e...

ÓBIDOS – Tribunal afasta homem da própria companheira devido a agressões e ameaças

Um jovem, de 21 anos, está a responder pela prática de violência doméstica, na forma agravada. O Tribunal considerou fortemente indiciado que o arguido, entre março e abril de 2022, molestou física, verbal e psicologicamente a vítima, com quem vivia maritalmente, no concelho de Óbidos, distrito de Leiria. Estão em causa várias agressões, insultos e ameaças, sendo que o Ministério Público refere, ainda, que o homem «encostou uma almofada ao rosto da companheira e pressionou-a com ambas as mãos, provocando-lhe falta de ar momentânea». O juiz de Instrução Criminal determinou que o arguido aguardasse os ulteriores termos do processo sujeito às medidas de coação de proibição de contactar, por qualquer meio, com a vítima, diretamente ou por interposta pessoa; de proibição de permanecer, deslocar-se e frequentar a residência onde reside a vítima ou de frequentar locais onde esta se encontre ou se presuma que se encontre.