ÓBIDOS – Subchefe Carlos Antunes: um bombeiro cai sempre de pé. Sucedem-se...

ÓBIDOS – Subchefe Carlos Antunes: um bombeiro cai sempre de pé. Sucedem-se as mensagens em torno da morte do operacional no combate ao fogo de Caldas da Rainha

Sucedem-se as mensagens de pesar em torno da morte do Subchefe Carlos Antunes (à direita, na foto), vítima de um enfarte agudo de miocárdio quando combatia o incêndio, ainda ativo, na localidade de Landal, concelho de Caldas da Rainha. Assim aconteceu na tarde desta quarta-feira. Uma das despedidas mais sentidas foi feita pelo Corpo de Bombeiros de Óbidos, onde Carlos Antunes exercia funções: «Partiu um dos nossos, um dos melhores operacionais, um dos que mais disponibilidade dava ao Corpo de Bombeiros, um dos que estava sempre presente para ajudar e tantos, mas tantos incêndios ajudou a extinguir. Faleceu a fazer o que mais amava na vida, vitima de doença súbita, sendo nosso dever honrar a sua morte, através da continuidade da prestação do socorro a quem mais precisa de nós, com a mesma disponibilidade, altruísmo e abnegação que o Subchefe Carlos Antunes o fez durante os cerca de 35 anos que dedicou à causa dos Bombeiros. Em nome de todos os Bombeiros de Portugal, eterna gratidão Carlos Antunes».