MÉDIO TEJO – Utentes dos Serviços Públicos pedem abolição de portagens na...

MÉDIO TEJO – Utentes dos Serviços Públicos pedem abolição de portagens na A23 e na A13. Assembleia da República tem a palavra

A Comissão de Utentes dos Serviços Públicos do Médio Tejo dirigiu uma missiva aos deputados eleitos na Assembleia da República a solicitar a abolição das portagens na A23 e na A13, vias que atravessam a região. Nesse mesmo texto – remetido para a redação da Hertz – é recordado que a «introdução de portagens prejudica todo o Médio Tejo, as populações e as suas actividades, nomeadamente a economia regional e até os Bombeiros, que nas suas viaturas também são obrigados a pagar portagens quando transportam doentes entre os três Hospitais – Tomar, Abrantes e Torres Novas – que compõem o Centro Hospitalar».

 

Os utentes constatam, ainda, que «a maior parte do trânsito pesado não utiliza aquelas vias por razões de economia, mas utilizam sim as vias urbanas e a Nacional 3, com prejuízo absoluto paras os Municípios que todos os dias olham para o seu património degradado por esse tal trânsito pesado que foge às portagens. Há ainda a registar o abandono do combate à coesão territorial e à promoção das zonas menos povoadas, como os concelhos de Mação e Ferreira Zêzere», reforça o mesmo texto.