MÉDIO TEJO – PCP quer abolição imediata de portagens na A23: «Se...

MÉDIO TEJO – PCP quer abolição imediata de portagens na A23: «Se o Governo continuar a fazer “ouvidos moucos”, nós vamos insistir»

O Partido Comunista Português continua a insistir que há condições para que o Governo avance para a abolição de portagens na A23, via que atravessa a região do Médio Tejo, numa ligação entre Torres Novas e Guarda, num total a rondar os duzentos quilómetros. Com efeito, o PCP, dentro das recentes Legislaturas, sempre se manifestou contra a introdução de portagens na A23, uma estrada que – nunca é demais recordar – era uma “via sem custos para o utilizador”. Num documento divulgado pela agência Lusa, subscrito por deputados do Partido Comunista, é referido que «a introdução de portagens nestas vias contraria o objetivo ao qual obedeceu a sua construção e constitui mais um elemento de discriminação e negativo para o interior». Entretanto, a Hertz falou com António Filipe, deputado do PCP na Assembleia da República eleito pelo distrito de Santarém, que recorda os custos para a economia da região e ainda para os utentes dos hospitais do Médio Tejo: