MÉDIO TEJO – Legislativas. Bloco de Esquerda propõe reforço de especialidade e...

MÉDIO TEJO – Legislativas. Bloco de Esquerda propõe reforço de especialidade e de urgências no Centro Hospitalar

Fabíola Cardoso, candidata do Bloco de Esquerda à Assembleia da República pelo distrito de Santarém, reuniu com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo, em Torres Novas. Helena Pinto, ex-vereadora da Câmara Municipal de Torres Novas e ex-deputada do BE, e Armindo Silveira, ex-vereador do Bloco na Câmara Municipal de Abrantes integraram a comitiva bloquista. Para Fabíola Cardoso “as políticas do governo PS demonstraram-se insuficientes na resposta ao SNS”. A atual deputada garante que “só graças aos esforços dos profissionais de Saúde foi e é possível continuar a responder às necessidades da população, que, frequentemente, se depara com falta de meios”. Na oportunidade, Fabíola Cardoso explicou que “o Bloco de Esquerda quer o aumento do investimento no SNS em percentagem do PIB, para acabar com o subfinanciamento crónico; a desburocratização do SNS, para unificar sistemas de informação e colocar em rede os hospitais e os cuidados primários”. A atual situação no Centro Hospitalar do Médio Tejo, segundo a candidata do Bloco de Esquerda, “demonstra que é urgente criar condições para preencher as vagas de especialidades médicas”. A bloquista lamenta que “o PS tenha demonstrado resistência a implementar medidas concretas, que estanquem a sangria do nosso serviço de saúde, o que inclui a reforço das especialidades médicas e do serviço de urgência no Médio Tejo”.