MÉDIO TEJO – Internos do Centro Hospitalar terminam especialidade com notas de...

MÉDIO TEJO – Internos do Centro Hospitalar terminam especialidade com notas de excelência

São médicos internos que terminaram a sua formação de Especialidade no Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, e que tiveram resultados excelentes no exame final. Inês Santos na especialidade de Medicina Interna, com 19,89 Valores; Rui Assis, na especialidade de Medicina Interna, obteve 19,78 Valores; Tiago Alves na especialidade de Medicina Interna, com 19,57 Valores; Rachele Escoli, na especialidade de Nefrologia, com 19,80 Valores e Raquel Pires Marques na especialidade de Ortopedia, com 18,89 Valores. Estas classificações representam “a qualidade da formação realizada por estes internos e são o testemunho da idoneidade e capacidades formativas do CHMT,EPE, nas diferentes Especialidades Clínicas, onde ressalta não só a competência técnica dos internos, mas também a extraordinária capacidade formativa dos seus tutores”, afirma Carlos Andrade Costa, presidente do Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Médio Tejo. Carlos Andrade Costa reforça ainda que “estes resultados comprovam a enorme capacidade destes internos” e demonstra “a vontade de que os mesmos continuem o seu percurso profissional no CHMT, EPE”.

Fátima Pimenta, diretora do Serviço de Medicina Interna, refere ser “com muito orgulho que quero enfatizar que mais uma vez o nosso CHMT obtém resultados excelentes nas avaliações finais de Especialidade de Medicina Interna. Em primeiro lugar quero parabenizar os recém-especialistas Dra. Inês Coelho, Dr. Tiago Alves e Dr. Rui Assis. Ao longo destes 5 anos souberam aproveitar todas as oportunidades que lhe surgiram e lutar para obterem uma formação diversificada, mas também para atingirem um grau de excelência nas matérias para que sentem mais vocacionados.”
Fátima Pimenta reconhece que “somos um Centro Hospitalar do Interior e temos as nossas limitações mas quando existe vontade tudo se consegue. Ao Serviço de Medicina Interna e aos respetivos orientadores, Prof. Márcia Melo, Dra. Teresa Filomena, Dr. Jorge Nepomuceno, também uma palavra de agradecimento porque sem o apoio e dedicação de todos, estes resultados não seriam possíveis”, concluí a diretora do Serviço de Medicina Interna acrescentando a vontade de “continuar este caminho para formar Internistas com enorme conhecimento cientifico, responsáveis e dedicados aos seus doentes, e com espirito de equipa e bom relacionamento entre pares”, afirmou. Ana Vila Lobos, diretora do Serviço de Nefrologia, salienta que “a nota que a Dra. Rachele Escoli obteve no exame final da especialidade 19,8 valores, segundo lugar nacional a 0,01 do primeiro lugar, só veio confirmar o que já sabíamos da excelência dos seus conhecimentos. Mas o que torna ainda melhor e mais especial a Dra. Rachele Escoli são os fortes relacionamentos interpessoais que estabelece e que atestam as suas admiráveis qualidades humanas”. A diretora do Serviço de Nefrologia não tem dúvidas “que a jovem especialista tem um futuro promissor na Nefrologia, sei que é capaz de grandes voos mas o que nos deixa particularmente felizes é o seu desejo em ficar no CHMT”, concluí Ana Vila Lobos. Destaque ainda para o facto de, este ano, o Centro Hospitalar do Médio Tejo, EPE, ter sido escolhido, pela primeira vez, como local de realização de exames nacionais finais das especialidades de Medicina Interna, Pediatria Médica, Patologia Clínica e Cirurgia Geral. Prestaram prova nestas especialidades médicos internos provenientes de várias Instituições Hospitalares do Serviço Nacional de Saúde.