MÉDIO TEJO – Coronavírus. Região tem, agora, 1261 pessoas infetadas. 1331 estão...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Região tem, agora, 1261 pessoas infetadas. 1331 estão em isolamento profilático

Há, nesta altura, 1261 infeções ativas no Médio Tejo, num aumento crescente que está a preocupar as autoridades de saúde. Aliás, na globalidade dos concelhos, tem havido registo para uma curva ascendente nos casos diários, que agora se cifram num total de 18233 desde a chegada da pandemia à região. Recorde-se que o número de altas continua nas 16558. Há a lamentar 414 mortes associadas à doença.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém é, agora, o concelho com maior número de infeções ativas, num total de 372, seguindo-se Torres Novas, com 238, e Abrantes, com 183.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (4317 infeções, 3852 recuperações e 93 óbitos. 372 infeções ativas), Tomar (3290 casos, com 3051 recuperados e 58 óbitos. 181 infeções ativas), Torres Novas (3021 casos, 2716 recuperações e 67 mortes. 238 infeções ativas), Abrantes (2167 infetados, 1910 estão curados e 74 mortes. 183 infeções ativas), Entroncamento (1812 infeções, 1649 recuperados e 25 mortes. 138 infeções ativas), Alcanena (1342 casos, 1267 recuperações e 42 vítimas mortais. 33 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (763 casos, 699 dos quais já recuperados e 19 vítimas mortais. 45 infeções ativas), Mação (533 infeções, 505 recuperados e 17 óbitos. 11 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (451 casos, 409 dos quais dados como curados e 10 mortes. 32 infeções ativas), Constância (294 infeções, 272 das quais já recuperadas e quatro mortes. 18 infeções ativas) e Sardoal (243 casos e 228 recuperados e cinco óbitos. 10 infeções ativas).