MÉDIO TEJO – Coronavírus. Quinta-feira como o segundo pior dia de sempre....

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Quinta-feira como o segundo pior dia de sempre. Ourém e Constância batem indesejados recordes concelhios

Esta quinta-feira foi o segundo pior dia de sempre no Médio Tejo no que a infeções diárias diz respeito: 1294 pessoas testaram positivo, sendo que em Ourém, com 409 casos, e em Constância, com 39, se bateram indesejados recordes concelhios. Para além destes contágios, registo para 239 em Tomar, 176 em Torres Novas, 165 em Abrantes, 121 no Entroncamento, 43 em Vila Nova da Barquinha, 39 em Alcanena, 33 em Ferreira do Zêzere, 18 em Mação e 12 no Sardoal, agora num total regional de 42560. Há, nesta altura, 7627 pessoas infetadas na região. 34487 tiveram alta. 446 perderam a vida.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém continua como o concelho com maior número de infeções ativas, num total de 2090, seguindo-se Tomar, com 1357, e Torres Novas, com 1226.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (10362 infeções, 8171 recuperações e 101 óbitos. 2090 infeções ativas), Tomar (7667 casos, com 6246 recuperados e 64 óbitos. 1357 infeções ativas), Torres Novas (6883 casos, 5587 recuperações e 70 mortes. 1226 infeções ativas), Abrantes (5555 infetados, 4363 estão curados e 79 mortes. 1113 infeções ativas), Entroncamento (4150 infeções, 3420 recuperados e 27 mortes. 703 infeções ativas), Alcanena (2561 casos, 2196 recuperações e 43 vítimas mortais. 322 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (1836 casos, 1600 dos quais já recuperados e 20 vítimas mortais. 216 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (1155 casos, 922 dos quais dados como curados e 14 mortes. 219 infeções ativas), Mação (1064 infeções, 892 recuperados e 17 óbitos. 155 infeções ativas), Constância (681 infeções, 552 das quais já recuperadas e cinco mortes. 124 infeções ativas) e Sardoal (646 casos e 538 recuperados e seis óbitos. 102 infeções ativas).