MÉDIO TEJO – Coronavírus. Número de infeções detetadas nas últimas 24 horas...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Número de infeções detetadas nas últimas 24 horas foi o segundo pior desde Fevereiro

188 novas infeções em apenas 24 horas. Foi esta a recente atualização da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, realidade que se centrou na descoberta de mais 56 casos em Ourém, 40 em Tomar, 26 em Torres Novas, 23 no Entroncamento, 20 em Abrantes, nove em Vila Nova da Barquinha, sete em Ferreira do Zêzere, três em Constância e dois em Alcanena e no Sardoal, agora num total de 20274 contágios, dos quais 1980 ainda em curso. O número de altas (17872) não sofreu alterações, assim como as mortes associadas à doença (422).

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém é, agora, o concelho com maior número de infeções ativas, num total de 516, seguindo-se Tomar, com 473, e Torres Novas, com 317.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (4855 infeções, 4244 recuperações e 95 óbitos. 516 infeções ativas), Tomar (3780 casos, com 3249 recuperados e 58 óbitos. 473 infeções ativas), Torres Novas (3341 casos, 2957 recuperações e 67 mortes. 317 infeções ativas), Abrantes (2378 infetados, 2096 estão curados e 76 mortes. 206 infeções ativas), Entroncamento (2000 infeções, 1789 recuperados e 26 mortes. 185 infeções ativas), Alcanena (1393 casos, 1301 recuperações e 42 vítimas mortais. 50 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (876 casos, 748 dos quais já recuperados e 20 vítimas mortais. 108 infeções ativas), Mação (560 infeções, 516 recuperados e 17 óbitos. 27 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (495 casos, 442 dos quais dados como curados e 12 mortes. 45 infeções ativas), Constância (330 infeções, 290 das quais já recuperadas e quatro mortes. 36 infeções ativas) e Sardoal (266 casos e 240 recuperados e cinco óbitos. 26 infeções ativas).