MÉDIO TEJO – Coronavírus. Mais 738 pessoas infetadas nas últimas 24 horas

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Mais 738 pessoas infetadas nas últimas 24 horas

Mais 738 pessoas infetadas em apenas 24 horas. Os dados dizem respeito a esta quarta-feira e centram-se no Médio Tejo, sendo que Ourém, com 149 contágios, voltou a ser o concelho mais afetado. Seguem-se 127 em Tomar, 120 em Abrantes, 113 em Torres Novas, 90 no Entroncamento, 56 em Alcanena, 19 em Ferreira do Zêzere e no Sardoal, 16 em Constância, 15 em Vila Nova da Barquinha e 14 em Mação, num total de 3024 contágios. Há, nesta altura, 9006 pessoas infetadas no Médio Tejo. 20793 já tiveram alta desde o início da pandemia. 425 perderam a vida.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém continua como o concelho com maior número de infeções ativas, num total de 1997, seguindo-se Tomar, com 1472, e Torres Novas, com 1413.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (7128 infeções, 5035 recuperações e 96 óbitos. 1997 infeções ativas), Tomar (5433 casos, com 3903 recuperados e 58 óbitos. 1472 infeções ativas), Torres Novas (4915 casos, 3435 recuperações e 67 mortes. 1413 infeções ativas), Abrantes (3730 infetados, 2390 estão curados e 78 mortes. 1262 infeções ativas), Entroncamento (3031 infeções, 2065 recuperados e 26 mortes. 940 infeções ativas), Alcanena (1982 casos, 1396 recuperações e 42 vítimas mortais. 544 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (1417 casos, 896 dos quais já recuperados e 20 vítimas mortais. 501 infeções ativas), Mação (834 infeções, 559 recuperados e 17 óbitos. 258 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (791 casos, 504 dos quais dados como curados e 12 mortes. 275 infeções ativas), Constância (482 infeções, 337 das quais já recuperadas e quatro mortes. 141 infeções ativas) e Sardoal (481 casos e 273 recuperados e cinco óbitos. 203 infeções ativas).