MÉDIO TEJO – Coronavírus. Há mais duas infecções na região, ambas no...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Há mais duas infecções na região, ambas no concelho de Abrantes

Há mais duas infecções activas no Médio Tejo, ambas em Abrantes. É este o resultado da actualização diária da Unidade de Saúde Pública em torno da pandemia, sendo que está em causa, na globalidade da região, um quadro de 12767 casos, dos quais 67 estão em curso. O número de altas – 12325 – continua sem alteração desde 29 de Março. Também sem mudanças, felizmente, o número de óbitos associados à pandemia, neste caso com 375 vítimas.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Abrantes é o concelho com maior número de infecções activas, num total de 15, seguindo-se Torres Novas, com 13, e Ourém e Tomar, ambos com 11.

Eis os dados actualizados desde o início da pandemia: Ourém (3004 infecções, 2910 recuperações e 83 óbitos. 11 infecções activas), Tomar (2485 casos, com 2419 recuperados e 55 óbitos. 11 infecções activas), Torres Novas (1988 casos, 1915 recuperações e 60 mortes. 13 infecções activas), Abrantes (1522 infectados, 1438 estão curados e 69 mortes. 15 infecções activas), Entroncamento (1100 infecções, 1070 recuperados e 21 mortes. Nove infecções activas), Alcanena (1019 casos, 979 recuperações e 38 vítimas mortais. Duas infecções activas), Ferreira do Zêzere (612 casos, 595 dos quais já recuperados e 17 vítimas mortais. Não tem infecções activas), Mação (429 infecções, 412 recuperados e 15 óbitos. Duas infecções activas), Vila Nova da Barquinha (266 casos, 253 dos quais dados como curados e nove mortes. Quatro infecções activas), Sardoal (com 178 casos e 173 recuperados e cinco óbitos. Não tem infecções activas) e Constância (164 infecções, 161 das quais já recuperadas e três mortes. Não tem infecções activas).