MÉDIO TEJO – Coronavírus. Há a lamentar mais uma morte na região...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Há a lamentar mais uma morte na região (Ourém): faleceu uma senhora, de 82 anos, que estava infectada

É a terceira morte no Médio Tejo: uma senhora, de 82 anos, residente no concelho de Ourém e infectada com COVID-19, perdeu a vida, naquele que é, assim, o terceiro óbito na região, depois da morte de dois senhores, de 94 e 69 anos, de Tomar e Alcanena, respectivamente, Foi, aliás, uma segunda-feira marcada pelo aparecimento de doze novos casos, com o concelho de Ourém a manter-se com os números mais elevados ainda que, nas últimas 24 horas, tenha sido Torres Novas a registar mais infecções, num total de cinco.

Ourém (22), Abrantes (17), Torres Novas (14), Tomar (10), Alcanena (7), Vila Nova da Barquinha (4), Ferreira do Zêzere (2), Entroncamento (2), Constância (1) e Sardoal (1). Estão 414 pessoas em vigilância activa: 99 em Torres Novas, 80 em Abrantes, 72 em Tomar, Ourém com 58, Alcanena com 30, Entroncamento com 29, Vila Nova da Barquinha com 24, Ferreira do Zêzere, 14, Sardoal com 5 e Mação com 3. Mação é, agora, o único concelho do Médio Tejo sem qualquer caso confirmado. Em vigilância passiva estão 192 pessoas. Já foram contactadas 730 pessoas na investigação dos casos.

Maria dos Anjos Esperança, coordenadora da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, refere que o número de casos, comparando com outras realidades, pode transmitir alguma serenidade: