MÉDIO TEJO – Coronavírus. Foram detetadas 22 novas infeções na região. Tomar...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Foram detetadas 22 novas infeções na região. Tomar voltou a ser o concelho mais afetado

Há 22 novas infeções covid19 no Médio Tejo, cinco das quais em Tomar – que voltou a ser o concelho mais ‘atingido’ – para além de quatro em Torres Novas, três no Entroncamento, Mação e em Ourém, e duas em Abrantes e Ferreira do Zêzere, num total de 15165 contágios contabilizados desde a chegada da pandemia, 325 dos quais em curso. As autoridades de saúde já deram como recuperadas 14445 pessoas. Há a lamentar 395 mortes associadas a esta doença.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Tomar é, agora, o concelho com maior número de casos ativos, num total de 80, seguindo-se Ourém, com 76, e Abrantes, com 49.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (3513 infeções, 3351 recuperações e 86 óbitos. 76 infeções ativas), Tomar (2827 casos, com 2689 recuperados e 58 óbitos. 80 infeções ativas), Torres Novas (2363 casos, 2264 recuperações e 66 mortes. 33 infeções ativas), Abrantes (1846 infetados, 1737 estão curados e 70 mortes. 49 infeções ativas), Entroncamento (1403 infeções, 1333 recuperados e 23 mortes. 47 infeções ativas), Alcanena (1230 casos, 1172 recuperações e 41 vítimas mortais. 16 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (673 casos, 638 dos quais já recuperados e 17 vítimas mortais. 18 infeções ativas), Mação (504 infeções, 481 recuperados e 16 óbitos. Sete infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (325 casos, 312 dos quais dados como curados e nove mortes. Quatro infeções ativas), Constância (258 infeções, 252 das quais já recuperadas e quatro mortes. Uma infeção ativa) e Sardoal (222 casos e 216 recuperados e cinco óbitos. Uma infeção ativa).