MÉDIO TEJO – Coronavírus. Foram detectadas mais seis infecções na região, cinco...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Foram detectadas mais seis infecções na região, cinco das quais em Abrantes

A Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo confirmou a detecção de mais seis infecções covid19 na região, cinco das quais referentes ao concelho de Abrantes e uma a Constância, dois dos territórios com maior ‘dose’ de preocupação nesta fase pandémica. No total, o Médio Tejo já contabiliza 13223 contágios, dos quais 178 ainda activos. 12674 pessoas tiveram ‘alta’. Há a lamentar 379 mortes associadas a esta doença.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Abrantes é o concelho com maior número de casos activos, num total de 50, seguindo-se Torres Novas com 25 e Ourém com 23.

Eis os dados actualizados desde o início da pandemia: Ourém (3082 infecções, 2976 recuperações e 83 óbitos. 23 infecções activas), Tomar (2536 casos, com 2464 recuperados e 56 óbitos. 16 infecções activas), Torres Novas (2038 casos, 1953 recuperações e 60 mortes. 25 infecções activas), Abrantes (1653 infectados, 1534 estão curados e 69 mortes. 50 infecções activas), Entroncamento (1138 infecções, 1098 recuperados e 23 mortes. 17 infecções activas), Alcanena (1060 casos, 1012 recuperações e 39 vítimas mortais. Nove infecções activas), Ferreira do Zêzere (614 casos, 596 dos quais já recuperados e 17 vítimas mortais. Uma infecção activa), Mação (437 infecções, 419 recuperados e 15 óbitos. Três infecções activas), Vila Nova da Barquinha (278 casos, 266 dos quais dados como curados e nove mortes. Três infecções activas), Sardoal (com 204 casos e 186 recuperados e cinco óbitos. 13 infecções activas) e Constância (188 infecções, 164 das quais já recuperadas e três mortes. 21 infecções activas).