MÉDIO TEJO – Coronavírus. É o número mais elevado de sempre na...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. É o número mais elevado de sempre na região: há, nesta altura, 12669 pessoas infetadas

O Médio Tejo tem, nesta altura, 12669 pessoas infetadas, naquele que é o maior registo de sempre na região, sendo que o total acumulado está cifrado nos 47602 contágios, 1007 dos quais detetados na última quarta-feira. 34487 pessoas já tiveram alta desta doença. 446 perderam a vida.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém continua como o concelho com maior número de infeções ativas, num total de 3508, seguindo-se Tomar, com 2157, e Torres Novas, com 2032.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (11780 infeções, 8171 recuperações e 101 óbitos. 3508 infeções ativas), Tomar (8467 casos, com 6246 recuperados e 64 óbitos. 2157 infeções ativas), Torres Novas (7689 casos, 5587 recuperações e 70 mortes. 2032 infeções ativas), Abrantes (6264 infetados, 4363 estão curados e 79 mortes. 1822 infeções ativas), Entroncamento (4614 infeções, 3420 recuperados e 27 mortes. 1167 infeções ativas), Alcanena (2833 casos, 2196 recuperações e 43 vítimas mortais. 594 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (1964 casos, 1600 dos quais já recuperados e 20 vítimas mortais. 344 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (1304 casos, 922 dos quais dados como curados e 14 mortes. 368 infeções ativas), Mação (1184 infeções, 892 recuperados e 17 óbitos. 275 infeções ativas), Constância (803 infeções, 552 das quais já recuperadas e cinco mortes. 246 infeções ativas) e Sardoal (700 casos e 538 recuperados e seis óbitos. 156 infeções ativas).