MÉDIO TEJO – Coronavírus. Domingo foi o dia com menor número de...

MÉDIO TEJO – Coronavírus. Domingo foi o dia com menor número de infeções desde 17 de Janeiro

É necessário recuar até 17 de Janeiro para dar conta de um dia com número de infeções mais baixo do que a realidade deste último Domingo: a Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo confirmou a deteção de 183 novos casos, 58 dos quais em Abrantes, 41 em Ourém, 19 em Tomar, 16 em Torres Novas, 13 em Vila Nova da Barquinha, oito em Alcanena e no Sardoal, sete no Entroncamento, seis em Constância, quatro em Ferreira do Zêzere e três em Mação, agora num total acumulado regional de 50107. Há, nesta altura, 8851 pessoas infetadas no Médio Tejo. 40810 tiveram alta. 446 perderam a vida.

Perante este recente boletim da Unidade de Saúde Pública do Médio Tejo, Ourém continua como o concelho com maior número de infeções ativas, num total de 2454, seguindo-se Torres Novas, com 1427, e Tomar, com 1388.

Eis os dados atualizados desde o início da pandemia: Ourém (12405 infeções, 9850 recuperações e 101 óbitos. 2454 infeções ativas), Tomar (8815 casos, com 7363 recuperados e 64 óbitos. 1388 infeções ativas), Torres Novas (8131 casos, 6634 recuperações e 70 mortes. 1427 infeções ativas), Abrantes (6586 infetados, 5311 estão curados e 79 mortes. 1196 infeções ativas), Entroncamento (4890 infeções, 4002 recuperados e 27 mortes. 861 infeções ativas), Alcanena (2990 casos, 2478 recuperações e 43 vítimas mortais. 469 infeções ativas), Ferreira do Zêzere (2045 casos, 1782 dos quais já recuperados e 20 vítimas mortais. 243 infeções ativas), Vila Nova da Barquinha (1418 casos, 1098 dos quais dados como curados e 14 mortes. 306 infeções ativas), Mação (1220 infeções, 1027 recuperados e 17 óbitos. 176 infeções ativas), Constância (878 infeções, 637 das quais já recuperadas e cinco mortes. 236 infeções ativas) e Sardoal (729 casos e 628 recuperados e seis óbitos. 95 infeções ativas).