MÉDIO TEJO – Caminhos de ferro não se realizam em Abril

MÉDIO TEJO – Caminhos de ferro não se realizam em Abril

O programa Caminhos do Ferro não se vai realizar no Médio Tejo no próximo mês de abril, conforme previa a Comunidade Intermunicipal, em estreita parceira com os 13 municípios da região. Devido à situação epidemiológica do novo Coronavírus – COVID-19 que assola o país, a CIM do Médio Tejo e os seus municípios associados tomaram a decisão da não realização do primeiro ciclo deste programa, que habitualmente decorre em abril com (os Caminhos do Ferro), em julho com (os Caminhos da Água) e em outubro com (os Caminhos da Pedra). Recorde-se que o projeto Caminhos surgiu da vontade de 13 municípios em apresentar às suas populações ofertas culturais alternativas, arrojadas e que colocassem o território no mapa artístico e cultural a nível nacional e internacional. Os grandes objetivos do Caminhos é gerar itinerância de públicos internos, com uma programação cultural diferenciadora, e aumentar o número de visitantes que experienciam, neste período, o território como um todo, como um roteiro turístico e cultural em rede. Já trouxe ao Médio Tejo alguns dos artistas de maior renome nacional e internacional, com propostas irreverentes e emergentes no panorama atual. O projeto é cofinanciado pelo Centro 2020, Portugal 2020 e União Europeia, através do FEDER. A CIM do Médio Tejo espera trazer novidades, com a maior brevidade possível, sobre a realização dos dois ciclos (Água e Pedra) que ainda poderão ocorrer em 2020.