MAÇÃO – Deputados do PSD entendem revolta maçaense: «Governo usou prejuízos do...

MAÇÃO – Deputados do PSD entendem revolta maçaense: «Governo usou prejuízos do concelho para ter acesso a financiamento»

Duarte Marques, deputado do Partido Social-Democrata eleito pelo distrito de Santarém, foi o primeiro subscritor de um conjunto de questões direcionado para o primeiro-ministro António Costa tendo por base a atribuição de apoios a quem sofreu com os incêndios de 2017. Num documento assinado por sessenta e cinco deputados do PSD, sublinha-se como «inaceitável a desproporção de apoios entre os concelhos afetados pelos incêndios», sendo recordado que esta situação «já originou tomadas de posições políticas e queixas às autoridades europeias por parte da autarquia de Mação, claramente a mais discriminada face aos prejuízos revelados». «O Governo prepara-se para financiar a 100% reconstrução de equipamentos destruídos em determinados concelhos, mas apenas a 60% em territórios como Mação e outros que arderam significativamente», acusam os sociais-democratas que reforçam esse sentimento de injustiça referindo que «os prejuízos destes concelhos foram usados nas candidaturas de Portugal aos apoios da União Europeia, em particular ao Fundo de Solidariedade» sendo que o financiamento desse instrumento europeu será apenas dirigido a um conjunto reduzido de concelhos, excluindo diversos que contribuíram decisivamente para o montante de prejuízos candidatados». A Hertz falou, precisamente, com Duarte Marques, que considera que a queixa apresentada por Mação «é um embaraço para o Governo»: