LEZÍRIA DO TEJO – CIMLT recebeu Workshop para compilação de requisitos dos...

LEZÍRIA DO TEJO – CIMLT recebeu Workshop para compilação de requisitos dos Municípios sobre eficiência energética

A CIMLT recebeu o 1º Workshop no âmbito do projeto europeu PrioritEE, que pretende reforçar as competências dos organismos públicos locais e regionais na seleção e implementação de medidas de planeamento energético sustentáveis e custo-eficazes. O evento contou com a presença de representantes dos Municípios associados da CIMLT, da AREANATejo e da FCT-UNL. O principal objetivo deste Workshop foi identificar os requisitos das autoridades locais para o desenho de uma ferramenta de priorização de medidas de eficiência energética e renováveis, a partir do conhecimento das experiências anteriores na implementação de medidas similares, definindo as tipologias de edifícios públicos municipais e as expectativas técnicas do projeto e da ferramenta a ser criada, bem como do seu grau de detalhe e da sua utilização.

Irão decorrer outros dois Workshops com os Gestores Municipais de Energia dos Municípios da Lezíria do Tejo, com o objetivo de avaliar a ferramenta criada e testá-la, garantindo que a mesma permite fazer uma avaliação transparente e objetiva de oportunidades de investimento, oferecendo várias possibilidades para as autoridades locais alcançarem metas de poupança de energia (e de CO2) e apresentando os resultados sob a forma de uma lista de intervenções por edifício, rotuladas com índice de prioridade. Estima-se que os edifícios públicos da Lezíria do Tejo consumam cerca de 63,6 GWh de eletricidade, podendo este valor ser reduzido através da aplicação de diferentes medidas de eficiência energética. No entanto, importa estudar e saber muito bem como e onde a aplicação dessas medidas de melhoria da Eficiência Energética é mais eficiente, obtendo-se períodos de retorno do investimento mais curtos, que permitam um reinvestimento em outras medidas.

Deste modo, o desenvolvimento de uma ferramenta que permita priorizar as medidas de eficiência energética, consoante as tipologias de construção e consumos dos edifícios públicos, irá certamente reforçar a capacidade das administrações públicas selecionarem e implementarem as medidas de eficiência energética mais adequadas a cada caso, tendo em conta a relação custo-benefício de cada medida e comparando diferentes alternativas e cenários, de forma a hierarquizar e ponderar os investimentos a realizar. Assim, considera-se que o projeto PrioritEE, no âmbito do programa Europeu Interreg – MED, irá revelar-se uma grande mais-valia para os Municípios da Lezíria, na prossecução das metas de eficiência no consumo energético estipuladas para a Administração Pública, nomeadamente a descarbonização dos edifícios do Estado.