LEIRIA – Polícia Judiciária deteve um homem, suspeito de ameaçar casal em...

LEIRIA – Polícia Judiciária deteve um homem, suspeito de ameaçar casal em São Pedro de Moel com recurso a arma de fogo. Está, ainda, acusado de usar notas falsas

Um homem, de nacionalidade brasileira, foi detido pela Polícia Judiciária de Leiria por se considerar fortemente indiciada a prática – em autoria material e em concurso efetivo – de um crime de roubo agravado, na forma consumada, um crime de roubo agravado, na forma tentada, e um crime de passagem de moeda falsa, na forma consumada. A Procuradoria da Comarca de Leiria, numa nota de esclarecimento, refere que «no dia 9 de setembro, entre as 21 e as 22h30, em S. Pedro de Moel, o arguido e um outro indivíduo, na execução de plano comum previamente gizado, abordaram dois transeuntes. Ato contínuo, exibiram um objeto em tudo semelhante a uma pistola de cor preta e exigiram a entrega dos bens que aqueles tivessem na sua posse. Neste contexto, apoderam-se de diversos artigos, nomeadamente, uns óculos de sol, no valor de 250 euros». É ainda referido que no dia 12, numa discoteca situada na Praia de Paredes da Vitória, «o arguido entregou a um individuo uma nota de 50 euros para pagamento de seis flores, que tinham o valor de oito euros. Confiando que se tratava de uma nota verdadeira, o vendedor entregou ao arguido o respetivo troco. No entanto, perante suspeitas, o agora detido foi abordado por um outro individuo e tentou fugir, tendo agredido os seguranças do estabelecimento e empunhado na sua direcção uma arma de alarme com a configuração de arma de fogo». Apresentado a primeiro interrogatório judicial, foi determinado que o arguido fique sob Termo de Identidade e Residência, à proibição de contactar por qualquer meio com as vítimas e à obrigação de permanência na habitação com autorização para dela se ausentar apenas para o exercício dos turnos de trabalho na fábrica onde está empregado.