Jovens tomarenses evocam em poesia o espírito de Abril

Jovens tomarenses evocam em poesia o espírito de Abril

Pôr a geração mais nova a reflectir sobre a importância do 25 de Abril, de modo a preparar desde já cidadãos plenamente conscientes do seu papel na democracia em que vivemos, foi o principal objectivo do Município de Tomar ao proceder ao lançamento do concurso Poesia em Abril. Os jovens tomarenses responderam ao repto e o júri, constituído pela directora da Biblioteca Municipal, Maria José Pereira, pelas professoras Angelina Oliveira e Fernanda Henriques, em representação dos dois agrupamentos escolares do concelho, e pelo escritor Nuno Garcia Lopes, escolheu os melhores. Foram assim premiados os trabalhos de Mafalda Gilberto Marques (1º lugar), Bernardo José Pereira Henriques (82º) e Marta Mendes Bento (3º) que, além de um conjunto de livros, ganharam entradas para o Festival Bons Sons e para os monumentos Património da Humanidade. Os prémios foram entregues na sessão da Assembleia Municipal evocativa do 25 de Abril, onde os autores tiveram ocasião de ler publicamente os seus trabalhos.