GOLEGÃ – Casa-Estúdio Carlos Relvas e os parceiros regionais – que dinâmicas?

GOLEGÃ – Casa-Estúdio Carlos Relvas e os parceiros regionais – que dinâmicas?

Decorre no próximo dia 3 de maio, pelas 15.00h, nas instalações do Equuspolis, na Golegã, a iniciativa A Casa-Estúdio Carlos Relvas na Golegã e os parceiros regionais – que dinâmicas? promovida pelo Centro de Estudos em Fotografia da Golegã (CEFGA), com o apoio do Instituto Politécnico de Tomar e da Câmara Municipal da Golegã. Esta iniciativa, aberta ao público, tem como principais objetivos perceber como os parceiros regionais valorizam a Casa-Estúdio Carlos Relvas numa perspetiva de desenvolvimento regional. Este encontro visa ainda ensaiar a possibilidade da criação de uma plataforma de interesses comuns e de alianças entre a Casa-Estúdio Carlos Relvas, o Centro de Estudos em Fotografia da Golegã, CEFGA, e os Parceiros Regionais.

Ordem de trabalhos

1. Interdependências entre a Casa Estúdio de Carlos Relvas e as dinâmicas de desenvolvimento regional, por Rui Medinas, Presidente da Câmara Municipal da Golegã;

2. Carlos Relvas, autoria, arquivo e lugar, por Nuno Faria, Curador, Membro do CC do CEFGA, Diretor Artístico do Centro Internacional das Artes José de Guimarães;

3. Um projeto, o Laboratório Atelier de Processos Fotográficos Históricos, por António Ventura, Comissão Coordenadora do CEFGA, Diretor do Mestrado em Fotografia e professor de fotografia no Instituto Politécnico de Tomar;

4. Competitividade, coesão e desenvolvimento regional, por Sérgio Nunes, Membro do CC do CEFGA, Diretor do Centro de Investigação Aplicada em Economia e Gestão do Território, CIAEGT e professor no Instituto Politécnico de Tomar;

5. Intervenções dos Parceiros Convidados e Debate.