Ginásio Clube de Tomar com medalhados na COPA GALIZA 2015

Ginásio Clube de Tomar com medalhados na COPA GALIZA 2015

Decorreu, entre 23 e 26 de Abril, a COPA GALICIA INTERNACIONAL DE TRAMPOLÍN 2015, prova disputada em trampolim individual (TR) e duplo minitrampolim (DMT), com a presença de 9 ginastas (dois medalhados) e um treinador do Ginásio Clube de Tomar. Nesta competição, Maria Campos, em TR, e David Graça, em DMT, subiram ao pódio e 2º e 3º lugar respetivamente, alcançando assim mais um troféu internacional a juntar ao seu palmarés desportivo. Também participaram nos dois aparelhos Madalena António (finalista em TR e DMT), Leonor Rodrigues (finalista em TR), Beatriz Fernandes, Emília Matos, Ana Beatriz Correia, José Baptista e André Graça. Alguns destes ginastas contam já com alguma experiência internacional mas a grande maioria foi fazer a sua estreia competitiva além fronteiras. Foi uma boa estreia, já que, para além dos resultados desportivos alcançados, esta foi a maior comitiva da Associação de Ginástica de Santarém (AGS) numa deslocação internacional. Mais de 90 pessoa entre ginastas, treinadores, dirigentes, juízes e pais, onde todos os clubes da AGS se fizeram representar.

Quatro atletas no Nacional – Entretanto, quatro ginastas do Ginásio Clube de Tomar estiveram presentes no Campeonato Nacional de DMT, que decorreu nos dias 11 e 12 de Abril, em Viana do Castelo. André Graça esteve duplamente em destaque uma vez que na sua primeira época de sénior, categoria elite (a mais alta e a que permite aos ginastas representar o país na seleção nacional), foi finalista (6º lugar) alcançando na final a mesma classificação. Conseguiu ainda os pontos necessários para, praticamente, garantir a presença em dezembro no Campeonato do Mundo por Grupos de Idade (CMGI) que decorrerá em Odense (Dinamarca). O seu irmão David Graça e a ginasta Ana Correia também estão neste processo de apuramento mas não têm a tarefa facilitada embora ainda possam alcançar um lugar no restrito grupo de ginastas (apenas 4) que defenderão as cores lusas neste evento. Relativamente ao Campeonato Nacional, Emília Matos, fez a sua estreia neste evento tendo apenas ter conseguido realizar a sua primeira série de competição. Ainda assim foi muito importante a sua participação, já que ali apenas estão um grupo restrito de ginastas que necessariamente tiveram de ultrapassar duas provas de apuramento.