FUTEBOL – 1ª Distrital. Nesta época vão descer mesmo quatro equipas. Reformulação...

FUTEBOL – 1ª Distrital. Nesta época vão descer mesmo quatro equipas. Reformulação só deve avançar em 2019/20

Esta é uma certeza avançada pela Hertz: quem ficar nos quatro últimos lugares da 1ª Divisão Distrital da Associação de Futebol de Santarém irá mesmo descer de escalão. Ou seja, para além dos já despromovidos Moçarriense e Empregados do Comércio, tudo aponta, também, para a queda de União Abrantina e Riachense isto, claro, caso não aconteça alguma recuperação a roçar o milagre. Recorde-se que quando faltam três jornadas para terminar a prova, os abrantinos estão a sete pontos do Amiense enquanto os “alvinegros” têm oito pontos para recuperar, diferenças, então, quase impossíveis de anular. É um facto que esta “dupla” está em risco de ser despromovida porque é empurrada por aquilo que aconteceu no Campeonato de Portugal, precisamente com a descida de Coruchense e Alcanenense aos distritais. A Hertz sabe que ainda existia a esperança de que a Associação de Futebol de Santarém pudesse avançar para uma reformulação do campeonato já com efeitos a partir da próxima época, ou seja, com o aumento de catorze para dezasseis equipas. Mas a verdade é que os regulamentos só permitem estas mudanças caso as mesmas tenham sido aprovadas em Assembleia-geral… até 31 de Dezembro do ano anterior. Não foi o caso. Por isso, nesta época vão mesmo descer quatro equipas da 1ª Distrital. A nossa redacção apurou que, de facto, será criado um grupo de trabalho com o objectivo de estudar uma reformulação no campeonato mas apenas com efeitos para 2019/20, sendo que estas mudanças serão decididas pelos clubes, que podem escolher o aumento para dezasseis participantes ou, então, diminuir esse número para os doze… ou pura e simplesmente não se mexer na estrutura da prova, se assim for esse o entendimento. Foto Clube Desportivo Torres Novas/Facebook