Feitos e factos da décima quarta jornada da 1ª Divisão Distrital: Fátima...

Feitos e factos da décima quarta jornada da 1ª Divisão Distrital: Fátima já “cheira” o título… num fim-de-semana marcado por situações negativas

O Fátima está lançado rumo à conquista do título. Já são seis pontos (sete na prática) que separam o líder do Cartaxo. Por aquilo que se tem visto neste campeonato, só mesmo um milagre é que irá reverter o quadro do Fátima campeão. Mas nem tudo foi positivo nesta jornada. Houve, aliás, lugar para situações bastante negativas.

A SURPRESA – Numa jornada em que as surpresas… não aconteceram, eis que o facto mais surpreendente foi mesmo a saída de Renato Dias do comando da União Abrantina. Aliás, de tão surpreendente que foi… apanhou desprevenido o próprio técnico, conforme teve oportunidade de avançar em entrevista à Hertz. Do lado do clube também foram dadas explicações, por Paulo Fernando (Seninho), que deixou claro que este «divórcio» nada teve a ver com resultados.

A DESILUSÃO – O futebol distrital começou 2016… com o pé esquerdo. Polémicas e agressões estão dentro do “lote”. Para já, salta à vista o facto de Empregados do Comércio e Riachense terem jogado neste domingo quando tudo apontava para que só o fizessem a 13 de Janeiro. Jorge Peralta apontou baterias para Mário Nelson e este devolveu na mesma moeda. A consciência fica com cada qual mas, na verdade, no futebol como em tudo na vida, não vale tudo para chegar mais acima. Quanto a agressões, de lamentar os acontecimentos verificados em Ourém e Fazendas de Almeirim.

A CONFIRMAÇÃO – Finalmente… futebol. É inevitável colocar o Fátima com este estatuto. Não porque necessite de confirmar mais alguma coisa mas sim pela forma como está a traçar o seu caminho rumo aos Nacionais. Soma seis pontos de vantagem sobre o fantástico Cartaxo – sete, devido à vantagem no mano-a-mano – e elevou para nove (!) o número de jogos consecutivos sem sofrer golos. É a defesa menos batida de todos os campeonatos de futebol sénior que estão a decorrer em Portugal.

O GOLEADOR – Pedro Emanuel marcou “só” um golo, é verdade, mas este tento foi suficiente para garantir mais três pontos para o Fátima e, desta forma, colocar a equipa na rota do título. Quanto ao experiente avançado… está a apenas um golo do duo de lideres.