ENTRONCAMENTO – Vereadores eleitos pelo PSD rejeitam que Carlos Amaro (PS) tenha...

ENTRONCAMENTO – Vereadores eleitos pelo PSD rejeitam que Carlos Amaro (PS) tenha funções a tempo inteiro na Câmara Municipal

Os vereadores eleitos pelo Partido Social-Democrata para a Câmara do Entroncamento rejeitam que Carlos Amaro, do Partido Socialista, continue a ter funções – de vereador, precisamente – a tempo inteiro. Este cenário é confirmado através de um comunicado enviado para a redação da Hertz, texto esse assinado por Rui Madeira, Anabela Carvalho e Rui Gonçalves: «Apesar de se considerar o vereador Carlos Amaro merecedor de simpatia e consideração pessoal, os vereadores do PSD discordam da proposta da sua nomeação para a vereação a tempo inteiro, pois a representatividade do Partido Socialista neste executivo não está de acordo com a expressão dos resultados eleitorais verificados nas últimas eleições autárquicas do passado dia 26», reforça o dito comunicado, onde se recorda a proposta do PSD para a constituição do presente executivo: um vereador a tempo inteiro do PS; um vereador a tempo inteiro do PSD; dois vereadores a meio tempo do PSD; a presidência da mesa da Assembleia Municipal (permitindo um equilíbrio saudável de forças uma vez que o PSD presidiria ao órgão fiscalizador, enquanto o PS presidiria ao órgão executivo)». O texto reforça que «os vereadores do PSD entendem que a proposta da nomeação de Carlos Amaro para vereador a tempo inteiro não é realista e não está de acordo com a vontade dos eleitores».