ENTRONCAMENTO – Menina que foi agredida na escola Ruy D’Andrade pediu transferência...

ENTRONCAMENTO – Menina que foi agredida na escola Ruy D’Andrade pediu transferência para estabelecimento de concelho vizinho. Mãe da criança confessa-se aliviada

A menina, de 11 anos, que foi brutalmente agredida na escola Ruy D’Andrade, no Entroncamento, vai ser transferida de estabelecimento de ensino. A indicação foi confirmada à Hertz por Antônia Melo, mãe da criança, que não escondeu o alívio face à eventual concretização dessa mudança, mostrando-se, assim, confiante de que o futuro será melhor e que será ainda possível retirar aspetos positivos de todo o impacto psicológico que a sua filha tem sofrido perante a situação a que foi exposta:

Questionada sobre o eventual apoio que possa estar a receber por parte do Agrupamento de Escolas do Entroncamento, Antônia Melo confirmou que foi disponibilizado auxílio psicológico mas rejeitou e explicou-nos as razões. A mãe deu, ainda, conta de que a menina voltou a sofrer pressão por parte de algumas colegas. Daí a necessidade de mudar de escola, referiu-nos: