ENTRONCAMENTO – E-REDES e Direção-Geral da Educação lançam 3ª edição da Academia...

ENTRONCAMENTO – E-REDES e Direção-Geral da Educação lançam 3ª edição da Academia Digital para Pais

A E-REDES lançou a 3ª edição da Academia Digital para Pais, um projeto que reforça a literacia digital nas escolas e capacita pais como consumidores digitais a resolver necessidades do dia-a-dia. O projeto abrange, em 2022, famílias de 593 escolas públicas do 1º, 2º e 3º ciclos do Ensino Básico. O evento de lançamento da 3ª edição reuniu, no dia 11 de novembro, na escola EB 2,3 do Entroncamento, do Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento, os diferentes parceiros do projeto e contou com a presença de João Costa, Ministro da Educação; José Vítor Pedroso, Diretor-Geral da Educação e José Ferrari Careto, Presidente da E-REDES. “Num mundo cada vez mais digitalizado, é crescente a necessidade de os educadores terem ferramentas que os permitam acompanhar as atividades escolares dos filhos, e que dominem os recursos digitais utilizados, para garantir que os alunos o fazem em segurança e de forma responsável. O nosso objetivo nesta 3ª edição prende-se ainda com a capacitação dos pais para resolver as necessidades do dia-a-dia, como a gestão de consumos essenciais, incluindo eletricidade, nos diferentes canais digitais, de forma consciente e sustentável” afirma José Ferrari Careto, Presidente do Conselho de Administração da E-REDES. A Direção-Geral da Educação, constatando um interesse crescente das escolas na procura de respostas às respetivas comunidades educativas, destaca esta iniciativa como “um instrumento que contribui para a promoção da igualdade de oportunidades às famílias no acesso ao digital, capacitando os pais/encarregados de educação numa utilização segura das tecnologias digitais, tendo a mais-valia de envolver os jovens alunos como formadores e alargando, agora, o espetro de ação com o objetivo de sensibilizar os cidadãos para a importância de adotarem atitudes críticas e conscientes relativas ao consumo racional dos recursos naturais ” afirma José Víctor Pedroso, Diretor-Geral da Educação. As sessões formativas têm início em janeiro de 2023 e dão acesso até 24 horas de formação com o objetivo de que os formandos consigam dominar o essencial da utilização de um computador e da internet para apoiar os filhos no acompanhamento das aulas ou na realização dos trabalhos de casa. Vão ainda ser transmitidos conhecimentos para usar com segurança o computador e a internet, assim como conhecimentos para uma gestão online dos consumos de eletricidade e água. A frequência é gratuita e as sessões de formação são presenciais e de curta duração, em horário pós-laboral, de modo a facilitar a adesão dos pais ou encarregados de educação. As escolas aderentes mobilizam professores e jovens alunos que, em regime de voluntariado, assumirão o papel de formadores. A Academia Digital para Pais teve início em 2020, com o número de turmas inscritas da 1ª para a 2ª edição a mais do que duplicar. Também o número de famílias e de voluntários inscritos aumentou acima do triplo, de 2020 para 2021. Este é um projeto que assenta na convicção de que a cidadania digital é indispensável à inclusão social. Imagem Agrupamento de Escolas Cidade do Entroncamento