ENTRONCAMENTO – Deputados do PS alertam para falta de segurança na estação...

ENTRONCAMENTO – Deputados do PS alertam para falta de segurança na estação da CP

Numa ronda por alguns pontos do distrito, os deputados do Partido Socialista eleitos pelo círculo de Santarém “tomaram nota” de situações que resultam em preocupações para determinados concelhos, foi o caso, a este propósito, do Entroncamento e de Alcanena. E a começar pela cidade dos comboios registo para a falta de condições da estação. Num texto enviado para a redacção da Hertz, os deputados do Partido Socialista consideram «urgente uma intervenção da Refer na Estação Ferroviária no sentido de melhorar as condições de segurança da infraestrutura», depois de terem analisado, em visita ao local, o problema da falta de acessos, «nomeadamente para socorro a vítimas». A visita, acompanhada pelo Presidente da Câmara e pelo Comandante dos Bombeiros Municipais, resultou na confirmação das deficiências apontadas pela Proteção Civil Municipal: os elevadores que dão acesso às passagens superiores não têm dimensão para o transporte em maca e há falta de acessos que permitam às viaturas de socorro entrar no espaço da estação. Para Jorge Faria, “é lamentável que todas estas obras se façam sem que haja qualquer comunicação com a autarquia ou com as autoridades locais”. Por sua vez, António Gameiro, deputado do PS, considera que “é essencial que as questões de acessibilidade sejam salvaguardadas, especialmente quando se trata de segurança e de fazer chegar meios de socorro junto das vítimas”, razão pela qual “não se entende que uma obra destas não tenha tido esses parâmetros em linha de conta”. No caso de Alcanena, a principal preocupação infraestrutural do momento “é a situação da Estrada Nacional 361, uma estrada que precisa de requalificação urgente, mas cujas obras têm vindo a ser sucessivamente adiadas”, explicou Fernanda Asseiceira, presidente da autarquia alcanenense. Este é um caso que os deputados têm acompanhado ao longo do mandato, lamentando “que o Governo esteja a gerir o problema em lugar de o resolver”, referiu Idália Serrão. Para a coordenadora dos deputados do PS eleitos pelo distrito, “a Estradas de Portugal tem de ser confrontada com esta questão”, razão pela qual os deputados vão igualmente pedir uma audiência à empresa pública.