DESPORTO – Campeonato Nacional de Juniores

DESPORTO – Campeonato Nacional de Juniores

Realizou-se no passado domingo, dia 2 de agosto o Campeonato Nacional de Juniores, destinado a atletas juvenis e juniores, organizado pela Federação Portuguesa de Atletismo. Estes campeonatos realizaram-se nos mesmos moldes do Campeonato Nacional de Juvenis, medida preventiva por parte da Federação no combate à propagação do vírus Covid19.
O União de Tomar fez-se representar neste evento com nada menos que sete atletas, sendo o clube mais representado do distrito de Santarém, sendo o 7º(!) a nível nacional.
Gustavo Rodrigo foi claramente o grande destaque da participação tomarense, ao sagrar-se Campeão Nacional de 110m Barreiras no escalão de juniores (altura das barreiras: 1m). Gustavo Rodrigo superou, logo na eliminatória, a sua melhor marca, apurando-se para a final com o registo de 14’’63, segundo melhor tempo desta fase, com o seu adversário, na pista do Estádio Universitário em Lisboa a apurar-se com 14’’62. Tinha tudo para ser um excelente despique “mano-a-mano” no entanto este novo formato não o permitiu, não deixando, porém, de ser bastante emotivo. A final estava agendada para a mesma hora em ambos os locais, no entanto, em Lisboa, correu-se ligeiramente mais cedo, e quando o Gustavo Rodrigo se encontrava nos blocos de partida, já era sabido (não pelo atleta) o resultado. 14’’43 era o tempo a bater para termos mais um unionista Campeão Nacional. Com uma prova fantástica, com apenas um toque forte na 6ª barreira que não o desequilibrou, Gustavo Rodrigo terminaria os 110m barreiras em 14’’41 vencendo assim o mais desejado título. De relembrar que Gustavo Rodrigo irá ainda ser do escalão de juniores na próxima época.
Medalha nacional, mais uma, para Margarida Mota que aumenta assim o seu reportório de medalhas em campeonatos nacionais, na prova de Salto em Altura. Margarida realizou a sua melhor marca da época (ao ar livre) transpondo a fasquia a 1,62m, à primeira tentativa. Eram 4 as possíveis candidatas ao título nesta disciplina, incluindo a unionista, Margarida venceu, logo, em Pombal, outra dos possíveis vencedores, ficando a aguardar os resultados de outras pistas. Dos Açores chegaram notícias de que Margarida não iria ser ultrapassada na classificação, no entanto a vencedora acabou por “sair” da Madeira cerca de uma horas depois. A tomarense também é júnior de primeiro ano.
Beatriz Guilherme realizou a sua melhor marca das últimas duas épocas, ao correr os 400m barreiras em 70’’68 que lhe valeram um excelente 5º lugar nestes campeonatos. Carlota Gonçalves alcançou a mesma posição, mas na prova de Salto com Vara ao transpor a fasquia a 2,70m. De resto, o União de Tomar foi o clube mais representado na prova de Salto com Vara feminina. Laura Azevedo foi 8ª e Beatriz Marques 9ª com 2,40m e 2,25m respetivamente. Beatriz Marques que foi, ainda, a 7ª na prova de Triplo Salto ao saltar 10,95m. Afonso Santos participou novamente, na prova de Salto com Vara, desta feita ao transpor a fasquia a 3,45m que lhe valeu o 7º posto na classificação.
A Secção de Atletismo do União FCI de Tomar