COIMBRA – Homem com pulseira eletrónica devido a suspeitas de violência doméstica

COIMBRA – Homem com pulseira eletrónica devido a suspeitas de violência doméstica

O Comando Territorial de Coimbra, através do Posto de Oliveira do Hospital, deteve um homem, de 56 anos, por violência doméstica, no concelho de Oliveira do Hospital. No seguimento de uma investigação, os militares da GNR realizaram diligências policiais que permitiram apurar que o agressor, exerceu violência física e ameaças reiteradas, sobre a sua esposa de 35 anos. As diligências policiais culminaram no cumprimento de um mandado de detenção, tendo sido o arguido detido e presente a primeiro interrogatório no Juízo de Instrução Criminal de Coimbra, onde lhe foi decretada a medida de coação de proibição de contactos com a vítima, direta ou indiretamente, por qualquer meio, proibição de se aproximar da vítima, controlado por pulseira eletrónica e apresentações semanais em posto policial. A violência doméstica é crime público e denunciar é uma responsabilidade coletiva. Se precisar de ajuda ou tiver conhecimento de alguma situação de violência doméstica participe:

– No Portal Queixa Eletrónica, em queixaselectronicas.mai.gov.pt;

– Via telefónica, através do número de telefone: 112;

– No Posto da GNR mais próximo à sua área de residência, tendo os nossos contactos sempre à mão em www.gnr.pt/contactos.aspx;

– Na aplicação App MAI112 disponível e destinada exclusivamente aos cidadãos surdos, em http://www.112.pt/Paginas/Home.aspx;

– Na aplicação SMS Segurança, direcionada a pessoas surdas em www.gnr.pt/MVC_GNR/Home/SmsSeguranca.