CHAMUSCA – Freixo com mais de 500 anos é candidata à Árvore...

CHAMUSCA – Freixo com mais de 500 anos é candidata à Árvore Europeia do Ano

O Município da Chamusca apresentou a sua candidatura à “Árvore do Ano 2023” com uma árvore localizada no Pinheiro Grande e que desde 2006 que é classificada de Interesse Público. Trata-se de um de Fraxinus angustifolia Vahl (Freixo) que não se sabendo ao certo a sua verdadeira idade, à data da classificação ficou registado como tendo mais de 500 anos. As votações começam no dia 28 de novembro e vão até 05 de janeiro de 2023! Todos os anos a votação para a Árvore Europeia do Ano é organizada pela Environmental Partnership Association (EPA). O concurso europeu é uma final constituída pelos vencedores dos diferentes concursos nacionais. Este exemplar pertence a António José Lourenço Dias Fernandes que concordou com a apresentação da candidatura. O Município apresenta esta candidatura, pois sendo uma árvore classificada de interesse público, é possivelmente a árvore mais antiga no concelho da Chamusca. Por outro lado, e segundo relatos de populares, a zona envolvente era conhecida pelo Freixial, pela quantidade freixos que existiam. Atualmente os exemplares são muito poucos, mantendo-se esta grandiosa árvore que tem sobrevivido a obras na envolvente, a cortes de ramos que por vezes não foram bem avaliados e a todas as intempéries registadas ao longo destes mais de 500 anos. O freixo, localizado no Pinheiro Grande, caso seja uma das dez árvores finalistas, estará em votação para ser eleito “Árvore do Ano 2023” a partir do dia 28 de novembro. A árvore com mais votos irá representar Portugal no concurso europeu TREE OF THE YEAR 2023. Fique atento aos resultados divulgados no próximo dia 27 de novembro, onde serão conhecidas as 10 árvores finalistas. www.cm-chamusca.pt