CHAMUSCA – Bloco de Esquerda quer saber motivos dos inúmeros acidentes de...

CHAMUSCA – Bloco de Esquerda quer saber motivos dos inúmeros acidentes de trabalho na Resitejo. Em dois anos, morreram duas pessoas num cumprimento de serviço

O recente acidente de trabalho na Resitejo, que resultou na morte de um operador de empilhador, fez com que o Bloco de Esquerda, pela deputada Fabíola Cardoso, questionasse a Ministra do Trabalho sobre os acidentes que têm ocorrido naquela empresa situada na localidade de Carregueira, concelho de Chamusca. No documento, refere-se que entre 2014 e 2020 foram identificados vários casos de acidentes de trabalho na Resitejo, dos quais dois resultaram em morte. A primeira morte ocorreu em Janeiro de 2018. Passados dois anos, precisamente neste mês janeiro, houve registo para a segunda vítima, neste caso um homem de 51 anos. Para além de graves ferimentos de funcionários divulgados, o Bloco de Esquerda «tem conhecimento de outros casos não noticiados e tem acompanhado a situação dos funcionários, denunciando as más condições de trabalho», refere o mesmo texto. Nesse sentido, o BE questiona o Governo sobre se tem conhecimento das situações expostas e se foram realizadas acções inspetivas por parte da Autoridade das Condições de Trabalho na Resitejo. Os bloquistas querem, ainda, saber que medidas têm sido tomadas na Resitejo com vista à prevenção de riscos e em que condições funcionam os serviços de saúde e segurança no trabalho, nomeadamente da medicina do trabalho.