ATLETISMO – U. Tomar ‘voa’ para a 3ª Divisão Nacional

ATLETISMO – U. Tomar ‘voa’ para a 3ª Divisão Nacional

Realizou-se, por diversas pistas do país, a Fase de Apuramento do Campeonato Nacional de Clubes, organizado pela Federação Portuguesa de Atletismo. O União FCI de Tomar fez-se representar pela sua equipa feminina que disputou as suas provas na Marinha Grande, juntamente com os clubes da região mais próximos do distrito de Leiria. Este evento servia para apurar as equipas que iriam participar nas fases finais dos campeonatos nacionais da 1ª, 2ª e 3ª Divisão, que se irão desenrolar no dia 15 de agosto, igualmente por diversas pistas de todo o país (devido à pandemia). As provas decorreram todas numa única jornada, dupla, de manhã e de tarde. Maria Pinto foi a primeira unionista a entrar em ação, na prova de 3000m planos, corrida em contrarrelógio (regras específicas devido ao Covid-19), onde terminou com o muito bom registo de 10’47’’22. De seguida, Beatriz Marques participou na prova de Salto em Comprimento, onde terminou com a marca de 4,88m. Logo a finalizar a primeira parte da manhã, Laura Azevedo lançou o Dardo a 18,58m. Na prova de Salto em Altura, Margarida Mota saltou 1,58m, Carolina Félix iniciou a sua participação nesta competição com um lançamento da 13,14m no Lançamento do Disco. Os 100m Barreiras foram corridos por Beatriz Guilherme em 18’’05 e Carlota Gonçalves corre os 100m planos em 14’’19. Leonor Tolda terminou os 800m em 2’53’’76. A finalizar a jornada matinal Mariana Pereira alcançou um novo recorde pessoal na prova de 400m ao correr a volta à pista em 70’’92. Feitas as contas no final da manhã, a equipa encontrava-se numa excelente posição para garantir a presença nas fases finais do Campeonato Nacional de Clube. A tarde principiou tal como a manhã, com saltos para a areia, desta vez, com o Triplo Salto, onde Beatriz Marques alcançou a marca dos 10,71m. De seguida, Margarida Mota conseguiu lançar o Peso de 4Kg a 8,72m. Seguiu-se mais uma prova de velocidade com Laura Azevedo a correr os 200m em 28’’72 e logo depois, os 1500m, com a representante tomarense, Francisca Perna, a correr as 3 voltas e mais 300 metros à pista em 5’45’’47. Carlota Gonçalves transpôs a fasquia a 2,69, na prova de Salto com Vara. Beatriz Guilherme correu os 400m barreiras em 72’’41 e, por último, a fechar a jornada, chegou o grande resultado de entre todas as participações unionistas com Maria Pinto a ficar a escassos 1 segundo e 36 centésimos da marca de qualificação para os Campeonatos de Portugal na prova de 2000m Obstáculos. Maria correu em 7’21’’36 esta prova, que é nova no panorama do atletismo, uma vez que se trata de uma adaptação dos 3000m obstáculos, com a particularidade de que não há passagem pela vala de água (regras específicas pós-covid). Somatório feito, e mais uma vez, esta secção de atletismo faz história ao alcançar o apuramento para a 3ª Divisão Nacional após a presença na 2ª Divisão na época de Pista Coberta no passado mês de março. A equipa feminina tomarense alcançou a 17ª posição (entre 26 equipas regulamentares) nesta fase de apuramento com um total de 136,5 pontos a apenas quatro pontos de atingir a 2ª Divisão. Mais uma vez é importante referir o aspeto mais satisfatório deste feito, é que das dez atletas presentes, apenas uma (Maria Pinto), não é da formação do União FCI de Tomar, no entanto é importante referir que Maria em termos federados só vestiu uma única camisola, a do União FCI de Tomar, todas as restantes nove fizeram a sua formação na secção de atletismo do Clube. Facto que realça, sem margem para dúvidas, o excelente trabalho de todos os dirigentes e treinadores que fazem parte da estrutura e uma enorme dedicação de todos atletas e encarregados de educação. O Atletismo do União FCI de Tomar, Corre, Salta, Lança e Marcha com ALEGRIA. A Secção de Atletismo do União FCI de Tomar