ATLETISMO – Filipe Rosa e Maria Pinto garantem passaporte para os Campeonatos...

ATLETISMO – Filipe Rosa e Maria Pinto garantem passaporte para os Campeonatos de Portugal

Realizou-se no passado fim-de-semana, dias 15 e 16 de Junho, em Pombal a fase de apuramento do campeonato nacional de clubes. Nesta etapa participaram todos os clubes que se tenham inscrito nesta competição, com vista ao apuramento para as finais da 1ª, 2ª e 3ª divisões, que se realizam no final do mês de julho. As fases de apuramento ocorrem em diversas pistas espalhadas por todo o país, sendo distribuídas, as equipas, conforme a proximidade à pista organizadora.
O União de Tomar apresentou as suas duas equipas completas, isto é, com pelo menos 10 atletas de cada género a participar em provas individuais, ou seja, o clube nabantino estaria elegível para se apura para a fase final. Com os reforços conseguidos para esta época, ainda que com algumas falhas por lesões, o União de Tomar alcançou das melhores classificações de sempre, sendo a 26ª equipa feminina (a 23ª equipa foi a última apurada para a final da 3ª divisão) entre as 31 equipas classificadas, e a equipa masculina foi a 33ª, entre um total de 44 equipas classificadas.
A nível individual, destaque para Filipe Rosa que alcançou o 4º melhor tempo nacional (!) na prova de 5000m, conseguindo ainda, alcançar marca de qualificação para os Campeonatos de Portugal que se realizam em Julho, na capital Lisboeta. O atleta unionista correu as 12 voltas e meia em 14’53’’17.
Quem conseguiu igual feito foi Maria Pinto. Em estreia absoluta em provas de 3000m obstáculos, a atleta unionista, também alcançou a marca de qualificação, por larga margem, nesta distância, correndo-a em 12’02’’21
Margarida Mota voltou a saltar acima de 1,60m, tendo concluído a sua prova de altura após superar a fasquia a 1,61m, sendo também ela, das melhores classificadas a nível nacional nestes campeonatos. Gustavo Rodrigo alcançou marca de qualificação para o Campeonato Nacional de Juniores na prova de 400m barreiras. O tomarense correu a distância em 59’’60 melhorando assim a sua melhor marca. Gustavo participou ainda nos 100m, longe do seu melhor, ao correr o hectómetro em 11’’83.
O nível do meio-fundo masculino tomarense foi bastante interessante, Vasco Rosa correu os 1500m em 4’10’’06 e os 800m em 2’02’’05. Marco Francisco ficou próximo do seu máximo pessoal ao correr os 300m obstáculos em 9’54’’40. Quem bateu mesmo a sua melhor marca foi Pedro Lopes ao correr os 3000m planos em 9’04’’25.
Carlota Gonçalves saltou 2,57m na prova de salto com vara e correu ainda os 100m em 14’’06. Beatriz Marques conseguiu a marca de 4,92m na prova de salto em comprimento e 10,24m no Triplo Salto. Beatriz Guilherme lançou o disco de 1Kg a 22,60m e correu, no dia seguinte, os 400m barreiras em 75’’00. Pedro Saldanha correu os 400m em 55’’98, Eva Tolda, na mesma prova mas na vertente feminina, terminou com o registo de 69’’84. Afonso Santos saltou 3,25m na prova de Salto com Vara. Eduardo Oliveira saltou 5,31m na prova de salto em comprimento. Rodrigo Graça participou em dois lançamentos, na primeira jornada lançou o dardo de 800Gr a 31,83m e na segunda jornada lançou o disco de 2Kg a 15,64m. André Correia lançou o peso de 7,260Kg a 7,45m. Mariana Costa correu os 5000m em 22’36’’49, Madalena Menezes concluiu os 3000m em 12’52’’34, Maria Pereira terminou os 1500m e 6’12’’12 e Francisca Perna correu os 800m em 2’45’’92. Nuno Santos e Leonor Ferreira foram os participantes tomarenses nas provas de 200m, o primeiro correu a distância em 25’’16 e Leonor terminou com 29’’84.
Nota ainda para as estafetas 4x100m e 4x400m. Na estafeta mais curta o União de Tomar apresentou duas equipas, uma masculina e outra feminina, enquanto na estafeta 4x400m apenas esteve representado na vertente masculina.
A equipa 4x100m composta por Nuno Santos, André Correia, Pedro Saldanha e Ricardo Saldanha terminou com o tempo de 49’’66. A equipa feminina composta por Carlota Gonçalves, Eva Tolda, Maria Pinto e Beatriz Guilherme concluiu a volta à pista em 56’’59. Na segunda jornada, a estafeta 4x400m foi composta por Pedro Saldanha, Nuno Santos, Ricardo Saldanha e Vasco Rosa terminou com o bom registo de 3’49’’97.