Asseiceira relembrou a “sua” batalha e inaugurou Centro Cultural

Asseiceira relembrou a “sua” batalha e inaugurou Centro Cultural

O último sábado ficou marcado pela comemoração dos 181 anos da Batalha de Asseiceira. No sentido de não deixar passar esta data em claro, a Junta de Freguesia local promoveu uma evocação e homenagem a todos aqueles que morreram em combate no decorrer do confronto, sendo que a cerimónia teve como palco o local que, durante a batalha, foi o hospital de sangue, ou seja, a antiga igreja da Misericórdia. Houve lugar à realização de uma missa seguida da deposição de uma coroa de flores pelo presidente da Junta, Carlos Rodrigues, e por Anabela Freitas, presidente da Câmara de Tomar. A data ficou também marcada pela inauguração do Centro Cultural de Asseiceira, naquelas que foram as instalações do antigo edifício dos paços do concelho. A Hertz esteve em reportagem neste conjunto de iniciativas e ouviu Carlos Rodrigues, que falou sobre o simbolismo da data e sobre a importância da abertura do espaço cultural. Para a presidente da Câmara de Tomar, Anabela Freitas, este é um espaço que vai estar disponível para o município desenvolver também acções de itinerância cultural.