ALPIARÇA – Homem condenado a sete anos de prisão por espancar antigo...

ALPIARÇA – Homem condenado a sete anos de prisão por espancar antigo bombeiro à porta do quartel alpiarcense

Um homem foi condenado a sete anos de prisão pela prática de um crime de ofensa à integridade física grave qualificada. Os factos remontam ao dia 1 de Agosto de 2015, entre as 20 e as 22h40, altura em que o agora detido, à porta de um bar do edifício do quartel dos Bombeiros Municipais de Alpiarça, desferiu murros na vítima – na altura bombeiro na citada corporação – levando-a a cair ao solo e pontapeando-a na cabeça, pelo menos duas vezes, quando o agredido já se encontrava por terra. Tudo terá acontecido na sequência de um desentendimento em torno de um acidente rodoviário. A vítima correu mesmo risco de vida o que, felizmente, não se confirmou porque o socorro surgiu em tempo útil. Ainda assim, o antigo bombeiro ficou com as faculdades cognitivas e emocionais gravemente afectadas. Num esclarecimento tornado público, a Procuradoria da Comarca de Santarém refere que «o tribunal deu como provado que o arguido agiu por motivo gratuito, evidenciando pelos factos que praticou um profundo desprezo pelos valores da integridade física e da vida alheia». O arguido foi também condenado a pagar duzentos e dez mil euros à vítima, a título de danos patrimoniais futuros e de danos não patrimoniais. Terá, ainda, que pagar 26 mil euros ao Centro Hospitalar de Lisboa Central EPE, valor correspondente às despesas com os tratamentos médicos e hospitalares prestados à vítima. Refira-se que este acórdão ainda não transitou em julgado.