ACTUALIDADE – Pânico em Estremoz (Évora): oitenta residentes de um bairro cercaram...

ACTUALIDADE – Pânico em Estremoz (Évora): oitenta residentes de um bairro cercaram esquadra e agrediram polícias

Após a realização uma operação policial, na manhã desta quarta-feira, no Bairro das Quintinhas, Estremoz (distrito de Évora), levada a cabo por polícias do Comando Distrital de Évora, com o apoio da Unidade Especial de Polícia e do Comando Distrital de Portalegre, foram detidos quatro homens, com idades compreendidas entre os 18 e os 34 anos, por injúrias e agressões aos agentes de autoridade. Depois da execução da operação – que teve como objectivo dar cumprimento a buscas no âmbito de processos em investigação e, paralelamente, reforçar o sentimento de segurança da população daquela cidade -, cerca de 80 residentes do bairro referido juntaram-se nas imediações da esquadra de Estremoz, adoptando comportamentos manifestamente hostis. Foi montado um cordão de segurança em frente ao departamento policial para garantir a segurança dos polícias e dos detidos, que se encontravam no seu interior.

Várias pessoas ali concentrados injuriaram e ameaçaram os elementos policiais que integravam o cordão de segurança, provocando o contacto físico e obrigando-os a reagir. Da intervenção policial resultou a detenção de quatro cidadãos, que agrediram e injuriaram os polícias. Um dos polícias teve necessidade de ser transportado à unidade hospitalar de Estremoz, em virtude de ter sido agredido na cabeça e face, recebendo tratamento hospitalar e alta médica, estando considerado apto para o serviço. Refere-se que a operação policial permitiu a apreensão de várias armas de fogo, munições, uma viatura e a detenção de dois indivíduos por posse ilegal de armamento.