ACTUALIDADE – Obrigatoriedade de limpar terrenos em análise no «Médio Tejo em...

ACTUALIDADE – Obrigatoriedade de limpar terrenos em análise no «Médio Tejo em Revista». Governo quis passar “batata quente” para as autarquias (c/vídeo)

Os proprietários de terrenos têm até ao final desta quinta-feira, dia 15 de Março, para limpar os respectivos terrenos numa faixa de cinquenta metros em redor de habitações ou de outras estruturas do género. E quem diz os proprietários diz as diferentes concessionárias das estradas portuguesas, obrigadas a deixar uma faixa de dez metros. Apesar desta obrigatoriedade a verdade é que há muitos espaços que, visivelmente, não foram intervencionados. Basta percorrer, neste caso, a região do Médio Tejo para perceber que quase tudo continua como estava, com excepção para os proprietários de pequenas parcelas, que têm levado estes avisos a sério. No entanto, as críticas a esta imposição – e recorde-se que o decreto-Lei anterior previa que essa limpeza fosse feita até final de Abril – surgem de todos os quadrantes. Uma vez mais, este foi um tema em análise no recente «Médio Tejo em Revista», da Hertz, altura em que Duarte Marques, deputado eleito para a Assembleia da República, não teve dúvidas em afirmar que o Governo «quis passar a batata quente para as autarquias». Hugo Costa, também ele comentador do «Médio Tejo em Revista» e ainda deputado na Assembleia da República, referiu-se ao caso de Tomar para deixar claro que a Câmara e as Juntas procuraram informar a população. Assista à recente edição, na íntegra, através do vídeo editado pela nossa redacção.